ONIX deu salto de segurança, sendo o primeiro na categoria com 6 airbags. Foto: Assessoria imprensa GM Brasil

Segurança. Avanço da qualidade também é para salvar vidas no trânsito

Os carros evoluem não só no que diz respeito ao design e à performance. Eles tornam-se mais seguros à medida que novas tecnologias são adicionadas; sobretudo para melhorar a proteção aos ocupantes. Inclusive, as ferramentas de ‘inteligência artificial’ são capazes de reduzir falhas humanas, que são responsáveis por cerca de 90% dos acidentes de trânsito.

O que até recentemente era uma exclusividade de veículos premium, os sistemas avançados de segurança agora estão disponíveis também para modelos mais acessíveis. Entre eles, as novas gerações do Onix, Onix Plus e Tracker, da Chevrolet. Um destaque é o alerta de colisão com o sistema de frenagem autônoma de emergência, capaz de evitar metade das colisões frontais de trânsito. Já o alerta de ponto de cego reduz em 23% a chance de acidentes com lesões, por exemplo.

Dados coletados em São Paulo pela Companhia de Engenharia de Tráfego apontam que, na cidade mais movimentada do País, o número de acidentes de trânsito caiu 52%, entre os anos de 2010 e 2019. “Certamente as novas tecnologias de segurança têm um papel importante nessa redução”, afirma Gilvan Rossi, gerente de Segurança Veicular Integrada da GM América do Sul.

Mais de 20% dos clientes Chevrolet optam por veículos equipados com os pacotes mais avançados de segurança, percentual duas vezes maior do que há cerca de dois anos, quando as novas gerações de Onix, Onix Plus e Tracker ainda não haviam sido lançadas.

Números confirmam
Os três modelos da GM ditam tendência no quesito segurança, o que colaborou para que os recém-lançados sedã e SUV alcançassem a posição de veículos de passeio que mais cresceram em volume de vendas no mercado no ano passado. Das 338.549 unidades comercializadas pela Chevrolet, marca líder no acumulado de 2020, aproximadamente 75 mil delas traziam o pacote mais completo de segurança, em um volume histórico.

Deixe seu comentário