Uno nasceu na Itália, mas fez personalidade no Brasil. Foto: Divulgação

Com 4 milhões de unidades produzidas até hoje, o Fiat Uno é de fato um dos “xodós” dos brasileiros. O pequeno italiano chegou em 1984 trazendo pioneirismo em tecnologia e inovação, como ar-condicionado e quatro portas, até então restritos aos segmentos superiores.

O slogan “Pequeno por fora e grande por dentro!” descrevia o modelo que se transformou em um ícone ao garantir espaço interno em um tamanho compacto. O sucesso foi tanto que o modelo se mantém na linha Fiat 35 anos depois. 

São poucos os veículos que conseguem sobreviver a tantos anos na indústria automobilística, e o Uno reúne um legado que transpassa gerações evoluindo. Desenhado por Giorgetto Giugiaro, o modelo foi lançado um ano antes na Itália, e logo depois chegou à versão adaptada aos usos e costumes tropicais.

No caso, era mais resistente ao uso severo das estradas e ruas brasileiras. Isso lhe concedeu elogios até mesmo dos italianos, que depois passaram a importá-lo do Brasil. Com tantas histórias, o Uno chega em 2019 com maior crescimento de vendas no primeiro semestre: 101,3% em relação ao mesmo período de 2018. Hoje a linha conta com quatro versões.

Deixe seu comentário