desiGn esportivo no exterior, com adesivos para capô e teto, confere uma beleza radical à picape GM

A linha 2018 da Montana chega às concessionárias Chevrolet com duas novas opções de cores para a carroceria: Vermelho Chili e Cinza Satin Steel. Mas não é somente na beleza que a picape inovou. Ela ganha ainda saias laterais e computador de bordo em todas as configurações de acabamento; além de uma gama adicional de acessórios originais. Esses possibilitam ao proprietário customizar seu veículo de acordo com sua necessidade.

Equipada com o motor 1.4 EconoFlex de elevada eficiência energética, a Montana se destaca por ser a picape compacta mais econômica do segmento. Essa vantagem é garantida tanto no uso urbano como no rodoviário, comprovado pelo Inmetro. Outra característica relevante do modelo é sua capacidade de carga em 756 kg; até 7% superior que as principais concorrentes.

A Montana 2018 vem equipada de série desde sua versão de entrada (LS) com direção hidráulica, protetor de caçamba, capota marítima, degrau lateral para o mais fácil acesso ao compartimento de carga, rodas aro 15, banco do motorista com ajuste de altura e sistema de luz “siga-me” (os faróis permanecem acesos por um período de tempo após travamento das portas).

“Spoiler” lateral na cor do veículo em conjunto com as demais peças aerodinâmicas, ajudam a reduzir a resistência ao vento. Isso ainda se reflete no conforto, devido ao silêncio a bordo. Nota “A” em eficiência energética, a Montana é equipada com diversos itens do sistema ECO. Entre eles, destaque para o motor 1.4 com novo “powercell” (pistões e bielas); além de alternador de alto rendimento, sistema de arrefecimento com ventilador de menor atrito e a utilização de óleo de baixa viscosidade (0W20).

Pronta para qualquer situação
A compacta da Chevrolet se sobressai por sua capacidade de carga. Sua caçamba – comprida e alta – transporta com segurança mesmo objetos grandes, como motocicletas. Para preservar o assoalho, o modelo vem com protetor de caçamba, dez ganchos para amarração de cordas e o degrau side step, que facilita o acesso ao compartimento pela lateral. Já a tampa traseira possui trava antifurto com chave, enquanto a cabine da Montana utiliza-se do conceito MaxCab e comporta bagagens atrás dos bancos.

INTERIOR: painel com mostradores modernos, ar-condicionado e direção anatômica são pontos positivos da picape

O veículo traz também direção hidráulica desde a versão de entrada; banco do motorista e cinto de segurança com regulagem de altura, sistema de luz “siga-me”, painel de instrumentos na cor “Ice Blue” e as sombreiras com espelho são outros itens de série. A lista soma para-choques na cor da carroceria, lanternas escurecidas e freios ABS com assistente de frenagem de emergência (EBD).

“A Montana continua sendo uma das picapes cabine simples mais procuradas por empresas e prestadores de serviço devido ao seu excelente custo-benefício, baixo custo de manutenção e seguro, e elevado valor de revenda”, explica Hermann Mahnke, diretor de Marketing da Chevrolet. Existe ainda a versão Sport, pensada principalmente naquele consumidor que procura um automóvel versátil de dois lugares para o dia a dia e para o lazer.

Inovações de cima a baixo
Pode somar ao pacote de novidades a instalação dos freios de baixo arrasto, além de rolamentos especiais e pneus de baixa resistência a rolagem. No painel, destaque para o indicador de mudança de marcha, que ajuda o motorista a dirigir de forma mais econômica.

E existem duas novas opções de cores externas: Vermelho Chili (sólida) e Cinza Satin Steel (metálica). Elas se juntam ao Preto Ouro Negro, Branco Summit, Cinza Grafite e ao Prata Switchblade.

O Número
Conforme dados do Inmetro, a Montana de entrada pode percorrer com um litro de gasolina 13,4 quilômetros na estrada e 11,7 quilômetros na cidade. Com etanol, são 9,2 quilômetros e 7,9 quilômetros, respectivamente. Já a aceleração de 0 a 100 km/h é feita em até 10,4s.

Deixe seu comentário