EQUINOX contribuiu para o bom desempenho da GM no ano passado. Foto: Chevrolet/Divulgação

O último ano entrou para a história da Chevrolet no Brasil. A marca liderou as vendas de automóveis e veículos comerciais leves, repetindo a conquista de 2016. Também celebra o fato de ter sido a que mais cresceu em volume, totalizando 394 mil unidades — 48,2 mil veículos a mais que o ano anterior. “A Chevrolet investiu na atualização de produtos, trazendo avanços tecnológicos, principalmente em eficiência energética e conectividade total, alinhados com as atuais demandas do consumidor, que também conta com uma ampla rede autorizada de serviços”, diz o presidente da GM Mercosul, Carlos Zarlenga.

Além de liderar os maiores segmentos por tipo de carroceria — o dos hatches e o dos sedans —, a Chevrolet registrou crescimento anual de 49% nas vendas de modelos aventureiros, crossovers e SUVs. Nestes setores, a empresa comercializou 60,4 mil unidades. O número, diz Zarlenga, foi impulsionado pelo avanço do Trailblazer, pela ampliação da oferta do Tracker e pelo recente lançamento do Equinox.
O mais expressivo crescimento percentual ocorreu no segmento de passeio médio porte, com alta de 69%, em virtude da recepção da nova geração do Cruze, que teve cerca de 26,5 mil unidades.

Deixe seu comentário