República Tcheca, Feira do Livro, Porto Alegre, Cultura, Convidada
FOTO: Reprodução da internet

A convidada de honra da 64ª Feira do Livro de Porto Alegre, que acontece de 1ª a 18 de novembro, será uma nação centenária, a República Tcheca. Além disso, serão comemorados, na Feira, os 80 anos do Acordo de Munique; 50 anos da Primavera de Praga e da invasão soviética no país; e jubileu dos 25 anos do nascimento da República Tcheca, o divórcio “veludo” com a Eslováquia.

De 1º a 4 de novembro, o país convidado terá duas exposições temáticas “50 anos da Primavera de Praga” e “100 anos da fundação da Tchecoslováquia”. Recitais de poesia, saraus, exibições de filmes e estande no 1º andar do Memorial do RS também serão apresentados.

Três associações de descendentes tchecos estão no Rio Grande do Sul e pesquisas recentes indicam que o grupo de imigrantes da República Tcheca seria o terceiro maior a chegar no estado, ficando atrás dos italianos e alemães. De acordo com o cônsul honorário da República Tcheca em Porto Alegre, Fernando Lorenz, os números são imprecisos porque muitos tchecos identificaram-se como boêmios, falantes de alemão ou provenientes do Império Austro-húngaro ao chegarem, dificultando ainda hoje a identificação da comunidade tcheca. “Acreditamos que essa participação na Feira poderá colaborar para o estreitamento das relações bilaterais, não apenas literárias e editoriais, mas no potencial econômico, turístico, cultural e educacional dos dois países”, declara Lorenz.

Na quinta-feira, 18, às 19h, a Câmara Rio-Grandense do Livro anuncia o patrono da Feira do Livro, no Centro Cultural da Ufrgs. Os patronáveis são Caio Riter, Celso Gutfreind, Claudia Tajes, Leticia Wierzchowski e Maria Carpi. A 64ª Feira do Livro de Porto Alegre acontece na Praça da Alfândega, no Centro Histórico de Porto Alegre, em museus e outros locais centrais da cidade. Mais informações no site www.feiradolivro-poa.com.br. (JH)

Deixe seu comentário