Exposição acontece até o dia 30 de dezembro, no Margs, em Porto Alegre. Foto: Margs Divulgação

Abriu no final da semana que passou, no Museu de Arte do Rio grande do Sul (Margs), a exposição Sinfonia da Alvorada, que fica aberta para visitação até o dia 30 de dezembro. A atração é o resultado final da pesquisa realizada por alunos do Instituto de Artes da UFRGS, na disciplina de Laboratório de Curadoria.

A mostra é pautada pela crítica ao projeto de modernidade, que no Brasil tem como epítome a construção da capital Brasília. Além disso, é proposto um diálogo com as variações dos conceitos de fé, crença e confiança que permeiam a consolidação de ideologias.

Quinze obras estão expostas, entre elas as do acervo da instituição e do artista convidado, Giordano Toldo, sendo algumas exibidas pela primeira vez ao público desde a sua aquisição pelo museu. A curadoria coletiva é orientada pela professora Ana Albani de Carvalho.

O trabalho colaborativo propõe uma reflexão sobre os métodos e as práticas que configuram a atuação de diferentes profissionais da arte. A atividade prevê, ainda, uma publicação online e desdobramentos no próximo ano.

O Museu de Arte do Rio Grande do Sul fica na Praça da Alfândega, no Centro de Porto Alegre. As visitas podem ser realizadas de terça-feira a domingo, das 10h às 19h. A entrada é gratuita.

Saiba mais
Laboratório de Curadoria

Ana Albani de Carvalho (coordenação). Agustina Wischnivetzky, Carolina Sigot, Cristina Barros, Débora Bregalda, Diego Vaccchi, Gabriela Traple, Juliana Proenço, Laura Gruber, Marina Roncatto, Mélodi Ferrari, Miguel García, Nina Sanmartin, Santiago Pooter, Shayane Chaves, Tatiane Jung, Veronica Lucentini.
Acervo MARGS – Artistas
Camila Schenkel, Ding Musa, Dione Veiga Vieira, Elaine Tedesco, Glauco Pinto de Moraes, Luiz Zerbini, Martin Heuser, Miriam Tolpolar, Paulo Chimendes, Vitório Gheno e Zilda Zanella Marques.

Deixe seu comentário