Foto: reprodução TechCrunch

Depois de muita espera e especulação, o empreendedor Elon Musk finalmente anunciou seu novo projeto. Em uma transmissão ao vivo, ele revelou um protótipo de sonda espacial da SpaceX que deve concluir seu primeiro voo orbital já em 2020. Com uma abordagem inovadora, a nave está sendo planejada para funcionar como um sistema de transporte completamente reutilizável. Além de ter a capacidade de acomodar cargas, também será possível transportar pessoas “para a Lua, para Marte, para a órbita terrestre e além”, como afirma o site oficial da empresa Space Exploration Technologies Corp.

Como Musk pretende que a Starship inaugure o conceito de transporte espacial reutilizável, diferentemente dos atuais impulsionadores de espaçonaves que são lançados e permanecem no espaço, os planos são que o mais novo queridinho retorne à Terra e pouse no exato local de lançamento em suas seis pernas. A Starship vai ter capacidade para 100 passageiros ou 100 toneladas de carga, dependendo das necessidades da missão.
Em uma brincadeira bem humorada, Elon Musk escreveu no Twitter que “a nave espacial nos permitirá habitar outros mundos”. Segundo informações da própria empresa, estima-se que em até em seis meses a Starship Mk1 já esteja orbitando a Terra e, no prazo de um ano, seja possível transportar pessoas.

Deixe seu comentário