A moda ecológica já é possível e está invadindo as passarelas do mundo inteiro. Motociclistas já podem vestir Jaquetas feitas de folhas de abacaxi e couro curtido com extrato de azeitona, substituindo substâncias químicas altamente poluentes. Segundo especialistas, isso já é possível.

Jovens designers de vanguarda e até grandes marcas estão correndo para entrar nessa onda, com tênis com solados feitos de garrafas plásticas recicladas, que já estão vendendo milhões de unidades, ou até calçados feitos de papel. Em Montenegro, jovens empreendedores já produzem, de forma sustentável, tênis feito com um material inovador.

Muito parecido com o papel tradicional em aparência e espessura, mas muito mais resistente, o material usado nos tênis da empresa montenegrina Dobra oferece leveza e é 100% reciclável e vegano. A empresa fabrica carteiras com o mesmo material e incentiva os clientes a devolverem suas carteiras usadas. Assim, elas não são jogadas fora, mas são recicladas.

As atitudes em relação à moda ecológica “mudaram totalmente nos últimos anos”, diz Marina Coutelan, que ajuda a administrar a Premiere Vision, uma feira semestral extremamente influente em Paris. Na capital da França, as pessoas que agitam a indústria da moda se reúnem em busca de novos materiais e ideias.

As regras na indústria da moda começam a ser ditadas pelos millennials (aqueles nascidos entre 1980 e 2000). Segundo Coutelan, estamos vendo muitos produtos da moda de materiais sustentáveis porque estas pessoas cresceram com a ideia de que precisamos ser ecorresponsáveis.

Deixe seu comentário