os animais domésticos requerem uma atenção na alimentação. Cred: reprodução/internet

Os alimentos úmidos trazem diversos benefícios à saúde do seu animal. Costumam ser a comida favorita dos peludos pela palatabilidade e sabores. São diversos patês, com aromas e texturas. É importante os tutores levarem em conta os nutrientes, vitaminas e minerais que ajudam na saúde dos pets, trazendo mais energia e benefícios ao longo da vida.
Entre as formas de usar o patê, o dono tem a possibilidade de utilizar como um agrado para o animalzinho após uma atividade. Outra alternativa é ser usado como alimento completo, trazendo uma alimentação balanceada com nutrientes e energia na quantidade correta. Dependendo da intenção, a troca da alimentação seca para a úmida deve ser gradual, para evitar problemas intestinais e a negação do pet.

Para a transição dos hábitos alimentares, basta o dono misturar um pouco do novo alimento com a ração já oferecida diariamente ao animal. Aos poucos a quantidade do patê deve aumentar, até ser a refeição completa. O processo dura de cinco a sete dias, dependendo se o animal está bem, mediante observação do tutor.

Quais os benefícios?
1. Fácil adaptação
Um dos benefícios deste alimento é a boa aceitação. Fácil de ser mastigado e engolido, além de bastante atrativo, ele pode ser usado para estimular o animalzinho na recuperação de uma cirurgia ou doença e até mesmo aqueles que são extremamente exigentes. Indicado também para os pets que não possuem mais toda a arcada dentária, como no caso dos idosos, pois facilita a mastigação e a digestibilidade.

2. Nível de água maior
Além disso, o patê possui um percentual de água alto, o que faz um bem enorme ao organismo dos animais. A porcentagem de água nos alimentos úmidos chega aos 80%, ajudando a manter o nível de balanço hídrico que traz efeitos no sistema urinário do cão e benefícios para o gato que possui menor tendência a beber água. Auxiliando na diminuição da chance do aparecimento das urolitíases, aumento do volume e frequência da urina.

4. Atenção ao sódio
A preocupação com o sódio é frequente entre os tutores. Em relação a isto, uma boa notícia, os alimentos úmidos não possuem sódio além do permitido. O limite superior considerado seguro de sódio, segundo o NRC e a FEDIAF é de 15.000 mg para cada 4.000 kcal.

3. Aumento do apetite
A vontade de se alimentar também tem um acréscimo. Ao misturar o patê à comida seca, a mistura se torna mais atrativa. Estimula o animal a comer a refeição de uma vez só e evita do alimento ficar exposto durante o dia no comedouro. Para os gatos o ideal é revezar os dois tipos de refeição.

5. Substituição requer atenção
São diversas marcas disponibilizando saches e latas de patê. Entretanto, nem todas podem ter o equivalente nutricional em relação à ração seca. É importante os donos estarem atentos aos rótulos, podendo diferenciar os petiscos dos patês que possuem os nutrientes e vitaminas suficientes para substituir a alimentação seca. Que tal fazer um bolo de patê para presentear seu pet?

Deixe seu comentário