Beyoncé no clip da música Spirit, de “O Rei Leão”, usando vestido brasileiro. Foto: Divulgação

Inovação, pesquisa e uso tecnologias ultramodernas transformaram os personagens desenhados de 1994 em verdadeiros animais, por meio da realidade virtual. Com certeza O Rei Leão será um dos filmes mais comentados em 2019.

A estreia do live-action na madrugada dessa quinta-feira, 18, atraiu milhares de fãs, que lotaram as sessões especiais nos cinemas brasileiros. Para transformar o desenho como em um “lugar real”, com animais “reais”, uma equipe de treze profissionais foi à África para captar movimentos e comportamentos de animais, e detalhes para os cenários.

Outra curiosidade sobre o filme se trata do processo de produção em estúdio. Um grande espaço de gravações foi montado em Los Angeles, onde o diretor Jon Favreau e equipe usaram óculos de realidade virtual para poder, de certa forma, entrar no cenário digital e fazer os ajustes necessários.

Animais que vivem em zoológico e parque também foram visitados e tiveram comportamentos captados. Os sons e rugidos de Simba, quando pequeno, foram captados de um leão real em no Zoológico de Magdeburg, na Alemanha.

As canções também foram repaginadas. Hans Zimmer, criador da trilha sonora original em 1994, atualizou “Can You Feel the Love Tonight”, música de rendeu Oscar e Grammy de melhor trilha sonora. Não há dúvidas quanto à música sucesso da recriação de O Rei Leão: Spirit, feita por Beyoncé especialmente para o filme. A cantora que também é dubladora da leoa Nala trouxe os sons da África e emocionou o público com um clipe em ambientações africanas, no qual usou um vestido brasileiro. A música foi lançada na terça-feira.

Se você ainda não assistiu à nova produção de O Rei Leão, vá hoje mesmo ao cinema e confira este sucesso.

Deixe seu comentário