Cred: reprodução/internet

Com as provas do Exame Nacional do Ensino Médio chegando, as revisões de conteúdos e leitura dos últimos textos estão fazendo parte da rotina de muitos estudantes do País. Uma alternativa para estudar e relaxar nas semanas que antecedem o exame, que será nos dias 3 e 10 de novembro, é assistir produções audiovisuais que possam desempenhar este papel duplo.

Separamos uma lista de filmes e documentários que podem auxiliar na hora do aprendizado.

Take your Pills
Lançado em 2018, o documentário retrata a vida das pessoas que são dependentes dos remédios estimulantes, como a Ritalina e o Adderall. Receitados para quem possui transtornos como déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), acabaram tornando-se uma epidemia entre as pessoas saudáveis que os utilizam para ter uma boa performance nos estudos e trabalho. A produção abre um debate sobre nossa sociedade atual, onde a competitividade e a alta demanda por resultados levam as pessoas à exaustão e, muitas vezes, a usar drogas para compensá-la e conseguir aumentar sua produtividade.

Absorvendo o Tabu
O vencedor do Oscar de melhor documentário curta-metragem deste ano foi ideia da cineasta Rayna Zehtabchi. A produção aborda a menstruação no contexto das mulheres indianas, um assunto que deveria ser considerado natural, mas é visto como doença e até motivo de segregação na Índia. A produção mostra mulheres que produzem absorventes de baixo custo em uma nova máquina e caminham para a independência financeira.

Privacidade Hackeada
O documentário Privacidade Hackeada tem como base os escândalos protagonizados pelo Facebook em março de 2018, em que a Cambridge Analytica coletou os dados de 87 milhões de usuários sem que fosse permitido. Privacidade Hackeada aborda o escândalo sob o ponto de vista de várias personagens, como Brittany Kaiser, ex-diretora de desenvolvimento de negócios da Cambridge Analytica, responsável por delatar tudo o que estava sendo feito pela empresa.

Filadélfia
O longa de 1993 foi inspirado na história real de um advogado na Filadélfia que processou o escritório que o demitiu sem justa causa, em um dos primeiros casos de discriminação da AIDS. Estrelado por Tom Hanks e Denzel Washington, foi um dos primeiros filmes hollywoodianos a reconhecer HIV/AIDS, homossexualidade e homofobia.

O Menino do Pijama Listrado
O Menino do Pijama Listrado, lançado em 2018, é baseado em um livro sobre a história do filho de um comandante nazista que, inocentemente, faz amizade com um menino judeu em um campo de concentração. Importante para entender a Segunda Guerra Mundial, o longa de ficção é cheio de emoção e ajuda a compreender a dinâmica do regime.

Deixe seu comentário