As temperaturas baixas do outono e do inverno devem ser levadas em conta por quem tem bichinhos de estimação, pois eles também sentem frio e precisam estar protegidos do ar gelado. Os pets correm os mesmos riscos que os humanos durante os dias frios e úmidos, ficando vulneráveis a infecções, resfriados e gripes.

Conforme especialistas na área, quem mais sofre no inverno são os filhotes e animais mais idosos. As mucosas podem ressecar e, com isso, a filtragem das impurezas presentes no ar é comprometida. A gripe em cães e gatos pode ter sintomas parecidos com os apresentados pelos humanos. Espirros, tosse, corisa nasal e cansaço podem ser sinais de doença nos bichinhos.

A transmissão da gripe entre pets pode ocorrer por meio de lambidas, latidos, tosse, espirros ou pelos objetos que estiveram em contato com o gato ou cachorro. Como é uma doença contagiosa, se não for tratada imediatamente e adequadamente, poderá evoluir e ficar mais grave. Uma dica importante: não dê medicamentos sem consultar o seu veterinário de confiança, o qual fará o diagnóstico correto e indicará um posterior tratamento efetivo.

Evite a gripe nos animais de estimação
Controle as vacinas do seu pet, pois elas fortalecem o sistema imunológico deles. Com este cuidado, o risco de cães e gatos ficarem gripados é menor. Fale com o veterinário de sua confiança nas situações de exposição do animal, quando ele ficar em hotel para pets ou passear em locais onde possam haver aglomerações de cães e gatos. Veja a possibilidade de reforçar a vacina.

Eles correm os mesmos riscos que os humanos em dias úmidos
Protegendo do frio

Roupas para pet não faltam, mas nem todos os animais curtem usá-las. Prefira peças feitas em algodão, pois os materiais sintéticos podem provocar alergias. Tem animal que não gosta, mas caso ele não se importe, vale o uso até de sapatos quentinhos.

Pets na varanda ou no pátio?
Como aqui as temperaturas ficam negativas, pense em levar seu pet para dentro de casa, na garagem ou em galpões. Caso não seja possível e tenham de ficar no pátio ou na varanda, reforce a proteção contra o frio, o vento e a chuva. Cubra as casinhas e deixe o abrigo aquecido com colchonetes, mantas e cobertores.

Banhos no inverno
Se o banho é dado em um pet shop, não há maiores riscos. Geralmente, nestes locais, as temperaturas do ambiente e da água são controladas para que os animais fiquem confortáveis. No entanto, se o banho for dado em casa, a temperatura deve ser controlada e a frequência pode ser diminuída. Se você tiver dúvidas quanto aos banhos nos pets em dias frios, questione o seu veterinário sobre como deve ser o procedimento ideal.

Deixe seu comentário