Cerca de mil bolachas foram preparadas pelas professoras aposentadas

Tem que ter destreza, ser detalhista e colocar muito amor no trabalho desenvolvido. São essas as características apresentadas por muitos artesões, que realizam trabalhos com diversos materiais e os transformam em verdadeiras obras de arte.

E artesão trabalha muito, talvez até mais do que muitas outras áreas profissionais. Porém, trabalhada com alegria. Quando o amor pela profissão ultrapassa qualquer intempérie, a felicidade e o sorriso no rosto são visíveis. O nome e o sobrenome poderiam ser trabalho, mas a verdade é que o resultado fica tão lindo que merece ser dito o nome da dona das mãos que costuram uma infinidade de produtos. Esta é a artesã Maria Dozolina Centenaro, 61 anos.

Artesã está desde agosto preparando itens natalinos

Já são quase 30 anos que Maria iniciou os bordados e o crochê. “Sou apaixonada pelo contato com tecidos e panos de todas as cores. Isso em encanta”, afirma. Ela não compra apenas um tipo de tecido quando sai para buscar material, são vários, de várias texturas, cores e estampas. A artesã é especialista em Crochê, Patchwork e Richelieu, uma técnica de bordado muito antiga.

São vários tipos de peças que a artesã fabrica, entre elas estão trilhos de mesa, bandanas, capas de almofada, tapetes, toalhas bordadas e outras. Com a proximidade do Natal, peças com o predomínio das cores vermelha, verde e dourado aparecem pela sala de trabalho da Maria. “Comecei no final de agosto com trabalhos natalinos”, diz.

Maria Centenaro com parte de seus produtos que serão comercializados na Feira de Natal na Praça Rui Barbosa

Além da confecção de itens normais, com a época das festas de final de ano o trabalho aumenta, como acontece com outros artesãos da cidade. Segundo Maria Centenaro, nos últimos tempos as pessoas estão procurando peças de Natal cada vez mais cedo e para isso a máquina deve funcionar mais seguidamente.

Em dezembro inicia a Feira de Natal na Praça Rui Barbosa, onde vários expositores fabricantes de artigos artesanais estarão comercializando as suas criações. Maria estará lá, pois além de estar feliz em apresentar o seu trabalho, gosta de conversar e tem prazer em ver a satisfação das pessoas ao comprar e elogiar os produtos. “Amo o que eu faço e por isso passo o dia e entro noite adentro para fazer as minhas peças”, pontua.

Grupo Parceiras Voluntárias preparam bolachas para serem doadas aos idosos e adolescentes

Mãos que preparam bolachas da solidariedade
Este já é o terceiro ano que as Parceiras Voluntárias de Montenegro se reúnem para preparar biscoitos natalinos. De acordo com uma das voluntárias, Hedi Thomsen, a direção da Escola Delfina Dias Ferraz sempre foi apoiadora da ação e disponibiliza o espaço e alguns materiais.

As 15 voluntárias, entre elas professoras aposentadas das escolas São João e Polivalente, realizam diversas ações sociais em Montenegro. Para o Natal, elas preparam cerca de mil bolachas, que serão os presentes de natal de dezenas de vovós e vovôs que permanecem em lares de idosos da cidade.
Massa, cobertura e decoração foram preparadas por várias mãos parceiras. De acordo com Hedi, há três anos um bingo especial de final de ano é preparado, quando também ocorre a distribuição das bolachas. Serão presenteados os moradores da Casa de Amparo Mão de Deus, Lar Sagrada Família, Hospedaria Carvalho e os adolescentes o Abrigo Menino Jesus de Praga.

Após prepararem todos os biscoitos com muita dedicação e amor, as Parceiras Voluntárias deixarão todos eles empacotados em uma embalagem especial. Elas não escondem a felicidade em fazer o bem aos vovôs e vovós. Todos os ingredientes foram doados por pessoas da comunidade, amigos das professoras aposentadas e pelas próprias participantes do grupo.

16ª Feira Natalina na Praça
Em 2018 acontece mais uma edição da Feira Natalina na Praça Rui Barbosa em Montenegro. Neste ano o tema é “Natal é Arte”. Esta é a 16ª edição, que reúne artesãos fabricantes de diversos produtos de artesanato e coloniais. Maria Dozolina Centenaro estará participando e convida toda a comunidade para prestigiar e comprar os produtos feitos artesanalmente.

A Feira Natalina acontece de 5 ao dia 21 de dezembro. Os visitantes poderão passar nas bancas de segunda-feira a domingo. Os horários são os seguintes: de segunda a quinta-feira, das 8h30min às 19h; sexta-feira e sábado, das 8h30min às 21h; aos domingos o evento ocorre das 10h às 19h30min.

Deixe seu comentário