Ivo Pereira e Roberto Pereira comparecem ao Ibiá para descarte de dois aparelhos

A Ecoambi Engenharia e Assessoria Ambiental localizada em Montenegro lançou a campanha Eleve sua Consciência Ambiental, com a iniciativa de instalar tonéis de coleta de lixo eletrônico em pontos estratégicos. Com a ação, a população já descarta resíduos eletrônicos como: celulares, cabos, tablets, bateria de celular, câmeras fotográficas, calculadoras, mouses e notebooks. O objetivo da campanha é minimizar a problemática do descarte incorreto de lixo eletrônico, visando reduzir o impacto ambiental. Os eletrônicos possuem componentes poluentes, como o mercúrio, chumbo e o cádmio, que podem contaminar o solo, a água, animais, plantas e o ser humano, quando são descartados no lixo comum. Segundo o Relatório da Organizações das Nações Unidas (ONU), o Brasil foi o quinto país que mais produziu lixo eletrônico em 2019, ficando atrás apenas da China, Estados Unidos e Japão.

Foram disponibilizados 10 tonéis para a cidade de Montenegro, sendo organizada a distribuição por rodízio e cada estabelecimento que adere à campanha poderá permanecer com o recipiente durante 30 dias. A ação não onera nenhum custo aos estabelecimentos parceiros. “É só querer participar”, informa Gabriela Peretti de Oliveira, engenheira ambiental e sanitarista, uma das proprietárias da empresa. “A gente entende que tem um dever com a comunidade”, enfatiza Gisele Ramos Keller, bióloga e sócia-proprietária. Já foram instalados três tonéis no município, no Posto Auto Soma, no grupo Uninter e no Jornal Ibiá. Mais duas empresas montenegrinas a partir desta semana, iniciarão na ação, a Vip Energia e a C3E Instalações. Os interessados podem entrar em contato pelos telefones: (51) 99700-3440, (51) 99292-2494, pelo direct do instagram @ecoambieng ou e-mail [email protected], procurar por Gisele ou Gabriela.

Entre 2015 e 2017, 40,6% das 39.329 empresas brasileiras inovadoras introduziram mudanças de produtos e processos que ocasionaram impactos ambientais positivos. É o que revela o módulo sustentabilidade e inovação ambiental, da Pesquisa de Inovação (Pintec) 2017 do IBGE. A reciclagem de resíduos, águas residuais ou materiais para venda ou reutilização foi a categoria de impacto ambiental mais observada, apontada por 57,9% das empresas ecoinovadoras. A Indústria foi a atividade com maior percentual de empresas ecoinovadoras, com 43,1%, seguida por eletricidade e gás com 32,8% e os serviços selecionados apontaram 21,8%. Entre os fatores que contribuíram para a decisão das empresas em introduzirem inovações que gerassem benefícios ambientais, 59,4% destacaram-se em melhorar a reputação e 54,3% em adequar-se aos códigos de boas práticas ambientais no seu setor de atuação.

Gilberto Canal morador da cidade de Pareci Novo é um pequeno produtor rural e teve o cuidado de se deslocar até Montenegro, para descartar itens eletrônicos inservíveis no tonel que está alocado no Jornal Ibiá. “Eu trouxe aparelhos de DVD, de som, rádio relógio e celular. Nós de Pareci Novo temos muitos problemas com água, há muita escassez, temos que cuidar para não contaminá-la”, comenta.

Gilberto Canal, de Pareci Novo, veio até o Jornal Ibiá para descartar eletrônicos

Ivo Pereira e Roberto Pereira realizaram na última sexta-feira, dia 20, o descarte de duas televisões no ponto de coleta de lixo eletrônico no Ibiá. De acordo com Roberto, ele já desejava realizar o descarte correto dos dois eletrônicos há mais tempo e chegou a contatar a Prefeitura para saber como fazê-lo. Foi informado que deveria aguardar a próxima edição do Descarte Correto realizado pela secretaria municipal de Meio Ambiente. No entanto, ao ler no Jornal Ibiá que a sede do veículo de imprensa passou a ser um ponto de coleta através do projeto da Ecoambi, resolveu deixar ali suas duas televisões para terem o destino correto.

Deixe seu comentário