Uma das preocupações dos pais quando as férias se encaminham para o final é o transporte escolar das crianças. Pesquisar preços, observar endereço, procurar sugestões de motoristas. Existe uma série de questões a serem resolvidas. E é muito importante que os pais estejam atentos a isso, pois, afinal, seus filhos serão conduzidos por uma pessoa “estranha”, na maioria das vezes.

Confira algumas dicas de segurança na hora de contratar o serviço para evitar surpresas desagradáveis.
-Busque recomendações com conhecidos e familiares. Antes da contratação, ouça opiniões sobre o motorista de quem já tenha utilizado o serviço;
-quando começarem as aulas, observe como o motorista recepciona as crianças na porta da escola. Note se os estudantes são acompanhados por outro adulto, além do condutor do veículo, que os oriente a seguir as normas de segurança no trânsito;
-avalie as condições de higiene, conforto, se há um cinto de segurança em cada banco e se as janelas não abrem mais do que 10 cm no veículo que fará o transporte, evitando acidentes;
-veja se o serviço é cobrado durante os meses de férias. Confira, ainda, se pode ser utilizado fora dos meses normais, em caso de recuperação do aluno;
ano contrato de prestação de serviços, é preciso constar tudo o que for combinado. A identificação, telefone do condutor ou alguém responsável pelo veículo, período de vigência, horário e endereço de saída e chegada, valor da mensalidade, data e forma de pagamento, índice e forma de reajuste e as condições para rescisão antecipada;
-em caso de falta do aluno, o desconto proporcional no preço pode ser acordado entre as partes. Entretanto, se houver algum problema com o veículo ou com o próprio condutor, é obrigatório que a criança possa utilizar outro serviço que lhe ofereça as mesmas normas de segurança e conforto;
-especialmente no caso de crianças pequenas, o ideal é orientar sobre como se comportar durante o transporte: ficar sentado, usar cinto de segurança e não tirar a atenção do motorista, por exemplo. Também por isso é aconselhável manter contato com o condutor: saber como são as atitudes do seu filho é essencial para orientá-lo em casa. Lembre-se de alertá-lo descer sempre na calçada, em frente à escola;
-O veículo e o motorista que prestam serviço de transporte escolar devem ser credenciados na Prefeitura.

Compartilhar

Deixe seu comentário