SBT é processado por piadas de Silvio com Maisa e Dudu Camargo

O SBT foi processado pelo MPT-SP (Ministério Público do Trabalho de São Paulo) a pagar R$ 10 milhões de indenização por danos morais coletivos por cenas exibidas em programas da emissora.

O primeiro caso ocorreu em junho deste ano. Durante o programa, Silvio Santos sugeriu que Maisa namorasse o apresentador Dudu Camargo. O acontecimento ganhou as redes sociais imediatamente e causou revolta em internautas e telespectadores.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, o órgão alegou que Maísa “sofreu grave constrangimento diante da violação de sua privacidade, intimidade e honra, caracterizando lesão aos direitos da personalidade, mediante abuso do poder hierárquico e discriminação do gênero feminino pela forma de tratamento dispensada às profissionais”.

A ação ainda pede que o SBT se abstenha “de veicular programas cujas cenas representem qualquer situação violadora de direitos e à integridade física e mental dos trabalhadores, bem como violência ou discriminação contra a mulher ou outro fator injusto de discriminação”.

Além da indenização por danos morais, outras multas de R$ 200 mil podem ser aplicadas para cada exigência descumprida.

Se houver ganho de causa, o dinheiro pago pelo SBT será destinado ao FDD (Fundo de Defesa de Direitos Difusos) ou à OIT (Organização Internacional do Trabalho) para o desenvolvimento de projetos que beneficiem trabalhadores.

Deixe seu comentário