Brenda Machado da Silva. FOTO: arquivo pessoal/Francieli Machado

É um sonho se tornando realidade. Com apenas 14 anos, Brenda Machado da Silva está dando seus primeiros passos na vida de artista. Ela canta desde seus seis anos, mas pela primeira vez está disputando um concurso. Mesmo sem nunca ter frequentado uma aula de canto, a adolescente passou na primeira audição do Lup Music Festival, em fevereiro, etapa essa que já exigiu uma boa entoação. “Tinha mais de mil pessoas inscritas e foi uma experiência incrível. A avaliadora passou várias dicas para nós e lá também fiz novas amizades”, conta.

O Lup Music Festival chegou ao Rio Grande do Sul para revelar novas vozes gaúchas da música cristã. Trata-se de um show de talentos que viaja o Brasil, sendo promovido pela Lup Produções, proporcionando um concurso de vozes, com gravadoras e artistas bem consolidadas no cenário musical. Entre as próximas atividades haverá palestras, workshops e dicas técnicas para cantores da competição. A semifinal será no dia 13, na Igreja Assembléia de Deus de Cachoeirinha, às 14h. A final acontece no dia 14, às 19h, no mesmo local. Em ambas as atividades os ingressos são gratuitos.

A 2ª etapa, a semifinal, será uma apresentação pública, com playback, ou com um instrumento, ao vivo, com música autoral, ou cover. Os jurados serão Marcela Taís, Preto no Branco, Thiago Brado e Renata Cenizio. Brenda demonstra confiança, mas reconhece as dificuldades. “Se não fosse pelo incentivo dos meus pais, talvez eu nem estivesse participando do concurso, pois nunca me imaginei nesse tipo de evento antes. Mas creio que está tudo nas mãos de Deus e no controle dele. Passando para final ou não, já aprendi muito e vivi momentos inesquecíveis”, conta. A 3º Etapa, final, também será uma apresentação pública, e o vencedor, ganhará a oportunidade de gravar um CD com 10 faixas, e mais R$ 5 mil em dinheiro. O segundo e terceiro colocados, também ganharão prêmios, que ainda não foram anunciados.

Orgulho para a família
Os pais de Brenda, Francieli Machado, 33 anos, e Vanderlei Pereira da Silva, 40, têm motivos de sobra para se orgulharem. Eles afirmam que a música sempre foi uma das paixões na vida da garota, o que pode ter ocorrido com um pouco de influência do pai. Como ela, ele também faz parte do louvor da Igreja Assembléia de Deus de Montenegro, mas tocando guitarra. “Desde jovem eu sempre gostei de tocar e vi que podia colaborar para o reino dessa forma”, declara.

Francieli conta que auxiliou a filha em todos os processos de inscrição e que está torcendo pela vitória dela. Ela aproveitou ainda para citar aqueles que estão apoiando o sonho da menina. “Sou grata primeiramente a Deus, também a Lup Produções pela oportunidade e espaço; aos familiares e amigos que estão na torcida e orando pela Brenda; ao pessoal da Assembléia de Deus de Montenegro, ao pastor Jair Ibaldo e ao pastor e líder de jovens, Daniel Sasias, que sempre nos deram total apoio”, observa.

Orgulho na congregação
O pastor e líder do grupo de jovens da Assembléia de Deus de Montenegro, Daniel Sasias, de 36, também está contente com a participação de Brenda no festival. Ele destaca o comprometimento da menina e como a caminhada dela reflete na vida de outras pessoas. “É com grande alegria e satisfação que posso falar da Brenda. Uma jovem que desde pequena soube valorizar o talento que Deus lhe deu e assim dedicou-se até hoje, servindo ao Senhor no ministério de louvor. É muito gratificante ver neste processo a dedicação dos pais, acompanhando e incentivando no propósito de Deus. Este momento prova para nossos jovens que vale a pena sonhar; para os pais, vale a pena nossa dedicação; para a igreja, todo nosso trabalho e esforço tem galardão”, declara.

Jurados nas próximas fases:

Preto no Branco: O grupo, composto por Clóvis Pinho, Jean Michel e Weslei Santos, possui uma carreira respeitável no segmento Gospel. Com quase dois anos de lançamento, o projeto conta com mais de 200 milhões de acessos em redes sociais. Segundo a plataforma Vevo, o vídeo de “Ninguém explica Deus” foi o 9º mais assistido no país em 2016, dividindo o ranking dos 10 mais acessados com artistas como Justin Bieber, Rihanna e Adele, que figuram a um bom tempo no mercado musical.

Marcela Taís: Filha de pais músicos e pastores, a cantora Marcela Taís é formada em letras e é redatora. Com mais de 1,8 milhões de seguidores nas redes sociais, a cantora Marcela Taís está entre os principais destaques no cenário gospel atual. Já no início da carreia, recebeu o Troféu Promessas, realizado pela Rede Globo, na categoria “Pra curtir”. Além disso, a cantora é também compositora e já possui dois CDs e um EP gravados.

Renata Cenízio: Formada em Marketing com pós em Marketing Estratégico, Renata Cenizio atua a dez anos no segmento gospel. Trabalhou em Ministérios como Diante do Trono e Criando e Semeando, do pastor Antônio Cirilo, e também na gravadora Som Livre, na qual atuou por quatro anos como coordenadora de relacionamentos artísticos junto ao selo gospel. Atualmente, ela é a Diretora Executiva da Universal Music.

Thiago Brado: Thiago Brado é um jovem de 26 anos do Paraná, e que está há seis anos na estrada como músico. Sua primeira – e mais conhecida – composição foi a canção “Minha Essência”. Atualmente, ele possui três CDs gravados e é contratado da Universal Music.

Workshow
Se você não se inscreveu no festival, mas gostaria de aprender mais sobre louvor e sobre o mundo da música gospel, fica tranqüilo. No dia 14 de abril, das 9h às 12h, acontecerá o Workshow, na Igreja Batista Mont Serrat, em Porto Alegre. Serão três palestras e três pocket shows – estes realizados pelo grupo Preto no Branco, Marcela Taís e Thiago Brado. Os ingressos estão sendo vendidos por preços que partem de R$ 39,00. Durante o evento haverá sorteios para três cursos nas faculdades EST. Os participantes ganharão certificados.

Pelo grupo Preto no Branco, quem via ministrar é o produtor musical e vocalista da banda, Weslei Santos, que falará sobre “Louvor Funcional”, trazendo ensinos importantes no louvor cantado e tocado; o segundo workshop será ministrado pelo engenheiro de áudio e produtor vocal Fernando Menezes, que assinou o primeiro álbum solo de Daniela Araujo e também do “Princípio e Fim” de Leonardo Gonçalves.

Fernando tem conhecimentos vocais e apresentará o tema “Voz ao vivo e voz em estúdio”, dando dicas para atingir o melhor nestes dois momentos, importantes na carreira de um cantor. Em forma de palestra, também haverá dicas da diretora executiva da Universal Music, Renata Cenízio, que trabalha com nomes como Renascer Praise, Eli Soares e Pregador Luo.

Ela possui mais de 10 anos de carreira profissional e compartilhará informações do andamento da música cristã no mercado, dará dicas para o melhor aproveitamento de carreira artística e contará algumas de suas experiências com os grandes nomes da música gospel. Haverá também, três pocket shows com Preto no Branco, Marcela Taís e Thiago Brado. Acontecerão antes e depois dos Workshops.

Deixe seu comentário