Um hacker afirma ter  Piratas do Caribe – A Vingança de Salazar e exige da Disney um alto valor em Bitcoin (moeda virtual) para não disponibiliza-lo online nos próximos dias. O filme tem estreia prevista para o dia 25 de maio no Brasil e dia 26 nos Estados Unidos.

Bob Iger, CEO da empresa, fez a revelação em reunião com funcionários da rede ABC em Nova York. Segundo ele, não haverá pagamento e o FBI está trabalhando no caso para encontrar os responsáveis pelo crime. Na ocasião Bob não disse o nome, mas fontes do Deadline afirmam que trata-se do quinto filme da franquia Piratas do Caribe.

Para provar que não está brincando, o hacker ameaça divulgar inicialmente cinco minutos da aventura estrelada por Johnny Depp. Depois, mais vinte minutos e seguir colocando na rede pedaços de vinte em vinte até que sua solicitação seja atendida ou o filme completo esteja disponibilizado.

Esse não é o primeiro caso. A menos de um mês, um hacker roubou dez episódios da série Orange is The New Black e liberou tudo online depois da Netflix se recusar a pagar o “resgate”. Há alguns dias circulou o rumor de que uma versão de Star Wars – Os Últimos Jedi também teria sido roubada por hackers, mas nada foi confirmado. A multiplicação de casos do tipo deve aumentar o investimento dos estúdios e suas empresas parceiras em segurança nos próximos anos.

Uma das franquias mais lucrativas do cinema, Piratas do Caribe arrecadou mundialmente mais de um bilhão de Dólares com seu último lançamento, Piratas do Caribe – Navegando em Águas Misteriosas.

Deixe seu comentário