Apostar no Turismo Rural é uma oportunidade de renda extra para famílias do interior. fOTO: Prefeitura de Brochier

Caminho das Velhas Colônias. Objetivo é qualificar ainda mais o roteiro

Criado em 2005, o Caminho das Velhas Colônias é formado por atrações nos municípios de Maratá, Brochier, Salvador do Sul, São Pedro da Serra e Barão. Para qualificar ainda mais o roteiro e os empreendimentos que fazem parte dele, o Grupo de Trabalho (GT) Caminho das Velhas Colônias realizará, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), um curso gratuito para a capacitação em Turismo Rural.

De acordo com a extensionista social da Emater/RS-Ascar em Salvador do Sul, Teresinha Lunkes Stein, o curso é aberto para aqueles que já fazem parte da rota e também para os interessados em investir no turismo rural e aderir ao Caminho das Velhas Colônias. Quem quiser participar do curso deve se inscrever até o dia 26 no escritório da Emater de sua cidade. A oferta só vale para os municípios que fazem parte do roteiro.

Teresinha explica que o curso é dividido em módulos e terá seus encontros definidos através de combinação dos professores com os alunos. O primeiro encontro entre o coordenador regional do Senar com os interessados nas aulas ocorrerá no final deste mês, em Salvador do Sul. A reunião também servirá para detalhar o curso, que abrange desde a organização da propriedade e legalização dela até o modo como os turistas devem ser recepcionados. Ao final do curso, que dura 222 horas/aula, há uma certificação.

A extensionista destaca que o GT busca criar um corpo de trabalho qualificado que atenda nos cinco municípios que fazem parte do Caminho das Velhas Colônias. Ela salienta ainda que promover essa capacitação era uma das ações planejadas para 2018 pelo grupo, que conta com a participação dos empreendedores, departamento de Turismo das cidades envolvidas e da Emater. Outra ação planejada para este ano é a de realizar o cadastro dos pontos de visita em cada um dos municípios integrantes do roteiro.

O Caminho das Velhas Colônias tem como atrativos pontos históricos que destacam os legados deixados pela imigração alemã no Vale do Caí, belezas naturais, gastronomia típica, artesanato e passeio por propriedades rurais. Conforme Teresinha, além do grande roteiro, cada município conta com mini-rotas dentro dos seus limites, proporcionando assim um roteiro flexível aos turistas.

Deixe seu comentário