Consulta Popular deste ano deve destinar R$ 2.336.053,96 ao Vale do Caí CRÉDITO: Divulgação/Seplan

Os municípios do Vale do Caí se movimentam para realizar nos próximos dias as assembleias municipais da Consulta Popular. Nesta etapa são discutidas e escolhidas as prioridades de cada cidade, que posteriormente irão compor a cédula de votação da Consulta Popular. As assembleias locais são abertas a todos os cidadãos, podendo votar os maiores de 16 anos. É também durante a sua realização que são eleitos os delegados para a assembleia regional ampliada, que definirá a cédula de votação da região.

Na área de cobertura do Ibiá, São José do Sul será o primeiro município a fazer o debate. A assembleia irá acontecer amanhã, dia 2, às 17h30min, na Câmara de Vereadores. No dia 3, quinta-feira, Brochier e Pareci Novo realizam suas audiências. Em Brochier, o evento ocorre às 17h30min, na Câmara de Vereadores, e em Pareci Novo, o encontro será às 13h, no Centro Administrativo. Maratá realizará sua assembleia dia 10, às 19h, na Casa da Cultura (antiga creche municipal), junto à Câmara de Vereadores. Em Montenegro, a audiência acontece dia 11, às 15h, na Estação da Cultura.

A partir das prioridades apontadas nas audiências municipais, a assembleia regional ampliada estabelecerá as demandas que farão parte da cédula de votação da Consulta Popular. O próximo passo é a votação em si, que será realizada nos dias 26, 27 e 28 de junho.

Nesta etapa do processo, os eleitores poderão eleger apenas um dos programas ou ações constantes da cédula. A votação será apenas em meio digital, de forma on-line, através do site da Consulta Popular, e de forma off-line, através de aplicativo desenvolvido pela Procergs. Para você participar da votação será necessário ter o número do título de eleitor.

Para a Consulta Popular deste ano, o Governo do Estado deve destinar ao Conselho Regional de Desenvolvimento (Corede) do Vale do Caí R$ 2.336.053, 96.

Deixe seu comentário