trabalho reconhecido promove o empoderamento através do teatro. Foto: Prefeitura de Maratá

Foi entregue na noite de terça-feira, no Teatro Dante Barone da Assembleia Legislativa, o Prêmio Gestor Público (PGP) 2017. O trabalho vencedor foi o Centro Integrado de Segurança Pública e Cidadania (CISPC), do município de Santa Cruz do Sul. Concorrendo com o projeto Tulipas – Empoderamento Feminino Através da Arte, Maratá recebeu um certificado de reconhecimento.

O projeto marataense visa promover a saúde mental de mulheres a partir de meia idade, através da sua inclusão social no grupo, que se reúne quinzenalmente no Centro de Referência em Assistência Social (Cras). São realizadas atividades que abrangem expressão corporal, vocal, noções de espacialidade, tempo, ritmo, jogo teatral e dramático, construção de personagem e apresentação de esquetes e espetáculos, proporcionando experiência de palco com roteiro, luz cênica, coxias, enfim, todas as características de um espetáculo teatral. O grupo, que é coordenado por Tuti Kerber, já realizou várias apresentações, inclusive em municípios vizinhos a Maratá.

Neste ano, o município também inscreveu no PGP os projetos Oficina Teraupêutica Resgatando a Cidadania e o Grupo Viva Melhor. Outros dois municípios do Vale do Caí também foram destaque na premiação. Tupandi recebeu o troféu Gestor Público com o projeto Tupandi +Saúde e Feliz recebeu certificado de reconhecimento pelo projeto Videomonitoramento na Rede Municipal de Ensino.

Deixe seu comentário