Temporais no início da semana deixaram dois mortos e centenas de desabrigados no Estado CRÉDITO: Divulgação/Defesa Civil

A Prefeitura de Maratá está incentivando a doação de alimentos e roupas aos atingidos pelas chuvas fortes e vendavais que causaram estragos e transtornos no Rio Grande do Sul no início desta semana. O gesto é uma forma de a comunidade marataense retribuir a solidariedade que recebeu quando foi vitimada por um tornado, em 8 de junho de 2017.

Doações podem ser entregues na Secretaria Municipal da Agricultura e Meio Ambiente, localizada no Parque Municipal da Oktoberfest. O pedido é por alimentos não-perecíveis, como arroz, feijão, macarrão, farinha, óleo, leite em pó, molho de tomate e também alimentos de pronto consumo, como biscoitos, sucos, achocolatados e água mineral.

Também estão sendo recolhidas roupas infantis e roupas de cama e banho, bem como produtos de higiene e limpeza. Fraldas descartáveis nos tamanhos M e G infantis e geriátricas também são pedidas.

De acordo com a Defesa Civil, no Rio Grande do Sul, são 28 municípios atingidos por fortes temporais, que deixaram danos. Duas mortes foram registradas e 2.917 residências foram atingidas. No Estado, existem nove famílias desabrigadas e outras 142 desalojadas. No Vale do Caí, a cidade mais atingida foi Salvador do Sul, onde grandes pedras de granizo danificaram telhados de casas, escolas, ginásios e outros imóveis.

 

Deixe seu comentário