Expectativa é de reunir 80 carretas no tradicional desfile que acontece sábado

CTG Rincão dos Brochier recebe Encontro de Terno de Reis e Carreteada

Voltar aos velhos tempos e celebrar a tradição. É com este objetivo que o Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Rincão do Brochier sedia, nesta sexta-feira, o VII Encontro Rico Xiru de Ternos de Reis e o Encontro de Carreteiros, que inicia amanhã e segue no sábado com carreteada pelas ruas da cidade. Os carreteiros terão espaço para acampar na área campeira do Parque Municipal.

Organizador do encontro de terno de reis, Gustavo Castro de Deus, o Gustavo Xiru, diz que já estão confirmadas as participações de grupos de Brochier, Montenegro, Triunfo, Novo Hamburgo, Bom Retiro, Taquari, Tabaí e Paverama. O início da programação está previsto para as 20h e será servida uma janta, ao valor de R$ 15,00 por pessoa. Gustavo destaca que organizar este evento desperta um misto de emoções, já que o encontro leva a alcunha de seu irmão: Rico Xiru, cujo nome de batismo é Cleomar Ricardo de Castro.

Segundo Gustavo, foi Rico quem criou, em 2005, o evento. “Ele faleceu em 2010, com 56 anos, vítima de um ataque cardíaco e, a partir de então, o encontro passou a se chamar Rico Xiru de Ternos de Reis, em homenagem ao falecido. Coube a mim, que o assessorava, dar continuidade ao trabalho do meu irmão”, conta. Conforme o organizador, participar do evento lhe dá satisfação porque, além de gostar de ternos de reis, ele sabe que está colaborando para a manutenção da cultura e para a continuidade do trabalho de seu falecido irmão. “Mas confesso que costumo chorar neste dia, porque sempre vem à mente a imagem dele conduzindo o encontro e dificilmente os ternos não dirigem algum verso ao falecido”, revela.

Organizador da carreteada, José Dickel diz que a saída para o desfile pelas ruas da cidade está prevista para as 8h30min. A expectativa é de reunir 80 carretas e também alguns cavalarianos. “Estamos animados. Dependemos um pouco do tempo, mas estamos fazendo de tudo do melhor para o evento”, afirma. Ele destaca que, na noite de sábado, na janta será servido um prato tradicional dos carreteiros: feijão mexido e carreteiro. Já no domingo, o almoço será com galeto, porco e saladas. O valor definido é de R$ 25,00. José salienta que o encontro busca renovar uma antiga tradição trazida pelos antepassados.

Deixe seu comentário