O famoso físico britânico Stephen Hawking, um dos maiores cientistas do mundo, morreu nesta quarta-feira (14), aos 76 anos. A família do cientista confirmou o falecimento através de um comunicado.

Segundo seus filho, Hawking morreu em sua casa em Cambridge, no Reino Unido, nas primeiras horas dessa quarta-feira (14).

Uma curiosidade é que o físico nasceu em 8 de janeiro de 1942, dia em que a morte de Galileu Galilei completava 300 anos, e morreu em 14 de março, dia em que se celebra o nascimento do físico Albert Einstein.

Formado em Física na Universidade de Oxford, tornou-se pesquisador da Universidade de Cambridge, em cosmologia. Além disso, Hawking foi um físico teórico, astrofísico e divulgador. Ele sofria de uma doença vinculada à Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA). A doença foi se agravando com o passar do tempo até que ele ficou praticamente paralisado e, com isso, foi obrigado a se comunicar por meio de um aparelho que reproduzia sua voz, o que se tornou uma característica marcante sua.

Recentemente, o cientista britânico divulgou um relatório detalhado sobre os buracos negros, tema que mais pesquisou ao longo de sua vida. Foi em entrevista a Neil deGrasse Tyson, no programa de televisão Star Talk, no National Geographic Channel, onde ressaltou que antes do Big Bang nada aconteceu.

Deixe seu comentário