Uma van atropelou vários pedestres em La Rambla, deixando ao menos 13 mortos e 80 feridos. É uma importante via no centro da Catalunha, Espanha. Carles Puigdemont, presidente da Catalunha, confirmou que 80 pessoas ficaram feridas no ataque, 15 em estado grave.

O atropelamento foi na tarde desta quinta-feira, 17 de agosto, a polícia confirmou que o caso se trata de um ato de terrorismo, embora nenhuma organização ainda tenha reivindicado o ataque.
Aparentemente, a van usada no atropelamento saiu da estação de metrô Las Ramblas, circulou pela pista central desta avenida e bateu contra vários veículos no percurso, parando praticamente na entrada do Liceu (ópera de Barcelona).

Um suspeito foi preso. Segundo o “El País”, o suspeito que atropelou uma agente da polícia catalã em um controle de saída de Barcelona após o atentado foi localizado morto em seu carro em Sant Just Desvern, a 3 km de onde a polícia tentou contê-lo. Ainda não se sabe se ele morreu em decorrência dos disparos feitos pelos agentes.

As forças de segurança isolaram a região, enquanto as equipes de emergência realizam operação de assistência às vítimas. Estações de metro e lojas foram fechadas por precaução.

Deixe seu comentário