Dados mantidos para recuperação futura só podem ser acessados por quem faz parte da conversa. foto: reprodução internet

O aplicativo lançou uma atualização que ajudará seus usuários a recuperarem mídias enviadas há até quatro meses

O WhatsApp já está permitindo o download de fotos e vídeos que foram apagados pelo usuário, de seu dispositivo. A novidade faz parte do aplicativo para Android, desde que o smartphone esteja com a versão 2.18.106 ou posterior. O serviço funciona assim: mesmo depois de remover uma mídia, o dono do aparelho pode refazer o download do conteúdo. A mudança é uma ótima ideia para manter a limpeza de memória do smartphone, pois garante a possibilidade de acessar o conteúdo novamente no futuro.

Em teste pela reportagem do Ibiá, o Whats liberou baixar mídias recebidas há cerca de quatro meses. Para anteriores a esse período, é emitido um alerta solicitando que o usuário peça o reenvio ao remetente. A nova função não está disponível na edição do WhatsApp para iPhone (iOS). Anteriormente, usuários perdiam acesso a fotos e vídeos recebidos no aplicativo caso os mesmos fossem removidos do celular.

Antônio acredita que a mudança veio para beneficiar os usuários. foto: arquivo Jornal Ibiá

O analista e desenvolvedor de sistemas Antônio Gonçalves de Oliveira, de 33 anos, acredita que a mudança veio para beneficiar os usuários. “Isso é ótimo, porque, antes, quando uma pessoa te mandava uma foto, essa foto não ficava no servidor do whatsapp depois de carregada. Por isso, quando nós apagávamos, não conseguíamos baixá-la novamente. Agora, essa foto fica disponível através do serviço e termos acesso. Isso é muito bom para aqueles que acabam apagando sem querer”, comenta.

Com a mudança, os usuários de Android poderão esvaziar a memória ou apagar manualmente a pasta de mídias do aplicativo sem se preocupar em perder acesso ao conteúdo. Para funcionar, a recuperação de mídia requer que a miniatura da imagem ou vídeo ainda esteja presente na conversa, ou seja, a mídia não pode ser apagada diretamente pela conversa no aplicativo. Não é possível realizar o download novamente se a mensagem for apagada diretamente no chat.

Segurança e privacidade
A possibilidade de recuperação de mídia confirma que o WhatsApp preserva os arquivos dos usuários em seus servidores mesmo após o download no celular. A empresa já mantinha o conteúdo por 30 dias se o usuário ainda não tivesse feito o download. Agora, o prazo é estendido para cerca de quatro meses e vale também para quem já baixou, mas apagou o arquivo do smartphone.

Vale lembrar que a cópia de imagens e vídeos nos servidores do WhatsApp não invalida a criptografia, que também está em funcionamento no WhatsApp Business. Dessa forma, dados mantidos para recuperação futura só podem ser acessados por quem faz parte da conversa.

Em relação a segurança quanto a possíveis vazamentos indesejáveis, não há muita alteração. Mas saiba que se alguém apagou um arquivo em sua frente, pode tornar a baixá-lo novamente.

Deixe seu comentário