Secretária da Saúde, Ana Maria (E), diz que não foi necessário investimento de recursos para abertura do serviço

Saúde. Novo serviço foi instalado na Secretaria Municipal de Saúde, ao lado da farmácia municipal, na sexta-feira

A inauguração do Ambulatório Interdisciplinar de Saúde Mental, na Secretaria Municipal de Saúde, ocorreu na sexta-feira, 6. Por volta das 14h30min, a secretária municipal de Saúde, Ana Maria Rodrigues, fez o discurso de abertura, que contou com a presença de funcionárias, idealizadoras do projeto, assessores de vereadores e do prefeito Carlos Eduardo Müller, o Kadu.

Ana destacou que esse era um sonho antigo de colaboradoras e que, além de beneficiar a comunidade e gerar uma rede integrada de atendimento junto ao Centro de Atenção Psicossocial (Caps) e Hospital Montenegro, qualifica os espaços da Secretaria. O Ambulatório fica ao lado da farmácia municipal.
Sobre os custos, Ana destacou que não houve investimentos para a abertura do serviço, apenas boa vontade da equipe e reorganização do local. “Feito com amor, por amor às pessoas que vierem se tratar aqui. Veio da boa vontade de profissionais realizadas com o que fazem, mostrando que o SUS é possível”, salientou.

O prefeito Kadu destacou a importância de criar um espaço de prevenção e parabenizou a maneira como foi conduzida a consolidação do Ambulatório. “E estarei sempre na retaguarda”, declarou.

O atendimento
Com acolhimento individual e de grupoterapia, o serviço do Ambulatório já inicia na próxima semana com 13 grupos. São atendimentos psiquiátricos, sociais, com educadora física e de arte terapia. A equipe técnica é composta por duas psicólogas e dois psiquiatras, uma assistente social, um educador físico e uma estagiária do Ciee.

Semanalmente, dentro da proposta, será realizado grupo de acolhimentos psicossocial com cinco usuários que acessam o serviço através do encaminhamento de profissionais da área da saúde ou da rede do município.

Como parte da rede de acolhimento, a equipe técnica se reunirá, semanalmente, para realizar estudos de casos. Também compartilharão do plano terapêutico individual dos usuários de serviço, educação permanente e organização dos processos de trabalho da equipe. Também faz parte do Ambulatório Matriciamento em Saúde Mental.

Deixe seu comentário