Foto: arquivo pessoal

H1H1. Moradora de Lajeado, não vacinada, foi a primeira vítima fatal em 2018

A campanha nacional de vacinação contra a gripe foi prorrogada até o dia 15 de junho em todo o país. A recomendação do Ministério da Saúde foi adotada em decorrência dos possíveis impactos da paralisação dos caminhoneiros no transporte público e nos atendimentos em serviços de saúde. A campanha estava prevista para encerrar nesta sexta-feira, 1º, sendo que 100% das doses da vacina (60 milhões) já foram distribuídas aos estados, que estão devidamente abastecidos.

O anúncio veio praticamente junto da confirmação do primeiro óbito por Influenza no RS em 2018. Trata-se de uma mulher, de 32 anos, residente em Lajeado, que faleceu enquanto estava internada em Porto Alegre. Ela não foi vacinada este ano e o caso está em investigação quanto à presença de alguma doença crônica que possa ter potencializado a ação do vírus.

Após o fim da campanha de vacinação, caso haja disponibilidade de vacinas, a imunização poderá ser ampliada para crianças de cinco a nove anos de idade e adultos de 50 a 59 anos. O Ministério da Saúde reforça a importância dos estados e municípios continuarem a vacinar os grupos prioritários, em especial, crianças, gestantes, idosos e pessoas com comorbidades, público com maior risco de complicações para a doença.

Até o momento, ainda faltam 18,8 milhões de pessoas a serem vacinadas em todo o país. No mais recente balanço, publicado na terça-feira, 29, pelo Ministério da Saúde, foi registrado que 66% das pessoas que fazem parte do público-alvo se vacinaram. A expectativa é imunizar 54,4 milhões de pessoas até o dia 15 de junho.

Casos de gripe no Brasil
O último boletim de influenza do Ministério da Saúde aponta que, até 26 de maio, foram registrados 2.088 casos em todo o país, com 335 óbitos. Do total, 1.262 casos e 218 óbitos foram por H1N1.

Em relação ao vírus H3N2, foram registrados 412 casos e 58 óbitos. Além disso, foram 219 registros de influenza B, com 27 óbitos, e os outros 195 de influenza A não subtipado, com 32 óbitos.

Deixe seu comentário