batata,preço

Os produtos comercializados na Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), maior entreposto de hortifrutigranjeiros da América Latina, mantiveram-se em queda de 0,08%, em outubro, porém, este recuo foi bem menos intenso do que entre agosto e julho (-0,29%).

De acordo com o levantamento da Ceagesp, esse movimento de recuperação de preços teve o impacto das frutas, que ficaram em média 0,57% mais caras. Entre os itens em alta também destacam-se a batata lisa e a batata comum. Em sentido oposto, houve recuo de preços dos legumes, das verduras e dos pescados.

A pesquisa indica ainda um aumento de 2,38% na quantidade de mercadorias negociadas em outubro sobre igual período do ano passado. No acumulado desde janeiro, foi registrada elevação de 3,80% com um volume superior a 2,7 toneladas.

Compartilhar

Deixe seu comentário