O agressor usou dois facões para atentar contra a vida da vítima

Teve alta hospitalar a mulher que foi agredida a golpes de facão no bairro Cinco de Maio, em Montenegro, na quinta-feira da semana passada. A vítima estava internada no Hospital de Pronto Socorro de Canoas com ferimentos graves.

A mulher de 32 anos apresenta ferimentos por, praticamente, todo o corpo. A reportagem do Jornal Ibiá apurou que em um braço ela levou cerca de 200 pontos. A perna teve de ser operada. Na cabeça também foi grande o número de pontos. Ainda caminhando de forma debilitada e emocionalmente abalada, a jovem prestará esta semana depoimento na Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam) de Montenegro sobre a tentativa de feminicídio sofrida. Diferentemente do que foi relatado no início do caso, a vítima nega ter envolvimento amoroso com o agressor. Ambos morariam na mesma residência, mas sem vínculos íntimos.

O indiciado deferiu os golpes contra a mulher e depois fugiu, mas no dia seguinte foi capturado por policiais do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM) no bairro Bela Vista, junto ao Morro São João. Ele estava na rua e com as duas armas brancas utilizadas no ataque.

Aos policiais militares, o acusado confessou a ação e argumentou ter agido por ciúmes. Segundo ele, um homem, que também foi agredido mas conseguiu fugir, estaria na casa com a vítima no momento da tentativa de homicídio.
O acusado segue preso. A polícia tenta esclarecer o caso.

Deixe seu comentário