A Polícia Ambiental de Montenegro (Patram) está realizando nesta semana a “Operação Suínos”. A atividade consiste na fiscalização de empreendimentos na atividade de criação de porcos em escala para abate industrial. Os primeiros resultados já indicam uma série de irregularidades.

Segundo a corporação, a atividade é potencialmente poluidora e necessita de licenciamento ambiental. “Devem ser observados e cumpridos critérios e normas técnicas bastante importantes, que evitam qualquer tipo de poluição e contaminação da cadeia alimentar, e manutenção da saúde pública”, informa a Patram.

Até o momento foram fiscalizados dez empreendimentos rurais. Entre as irregularidades encontradas estão a inobservância e descumprimento das condições e restrições presentes na própria Licença de Operação.

Deixe seu comentário