Os suspeitos recolhiam maços de cigarros em diversos estabelecimentos comerciais

Dois homens foram presos em Cidreira nessa segunda-feira acusados por se passarem por policiais civis. Os indivíduos foram identificados como G. C. B., que possui antecedentes por estelionato e falsa identificação policial e J. S. S., com registro de antecedentes por lesão corporal culposa. Eles foram autuados em flagrante por estelionato, receptação de veículo furtado/roubado e falsa identidade.

equipe do delegado Paulo Ricardo Costa colaborou com a investigação

A ação dos falsários foi noticiada pelo Jornal Ibiá no dia 27 de março. A partir de então, o setor de Investigação da 1ª Delegacia de Polícia de Montenegro intensificou as buscas pelos suspeitos na região, mas a prisão acabou ocorrendo em Cidreira.

Os sujeitos recolhiam maços de cigarros sem procedência e perguntavam às vítimas se estas possuíam armas de fogo. Em Montenegro, um estabelecimento chegou a ter prejuízo de mais de R$700,00.

Nessa segunda, o proprietário de um estabelecimento comercial de Cidreira estranhou a ação e entrou em contato com a Brigada Militar. Neste momento os indivíduos embarcaram em um veículo Ônix, cor branca e fugiram. Quando os Policiais Militares chegaram ao local, efetuaram contato com o proprietário, o qual repassou as imagens das câmeras de vídeo para identificação dos indivíduos. Com as imagens, foi possível realizar a identificação dos indivíduos e repassar o alerta aos demais PMs. O reconhecimento dos meliantes foi realizado, inclusive, pelo próprio titular da 1ª DP de Montenegro, delegado Paulo Ricardo Costa.

Na parte da tarde, por volta das 15h, os indivíduos tentaram aplicar o mesmo golpe de estelionato em outro comércio, na Av. Mostardeiro, nº340, no bairro Zona A, em Cidreira. A guarnição da PATAMO foi acionada e realizou a abordagem dos indivíduos. Em revista pessoal foram localizados dois simulacros de arma de fogo (pistolas), cartões e documentos. Já em verificação ao veículo Chevrolet Onix, foi constatado estar em situação de furto/roubo, com as placas IWM3220 clonadas.

Os indivíduos foram presos e conduzidos à Delegacia de Polícia, onde restaram autuados em flagrante por estelionato, receptação de veículo furtado/roubado e falsa identidade.

Deixe seu comentário