oão Batista Junker Wovst e Celso Stein (no centro), do Lions, premiaram a aluna Caroline, a professora Ana Luíza, e os alunos Laura, Eduarda, Leonardo e Pedro (da esquerda para a direita)

Terceira edição culminou com a entrega de prêmios para os cinco melhores

Eduarda Cecília Oliveira Gomes tirou o primeiro lugar no programa

Ontem aconteceu a premiação dos cinco primeiros colocados no projeto “Aluno Nota 10”, do Lions Clube São João. É a terceira edição da iniciativa, que ocorre na Escola Municipal de Ensino Fundamental Cinco de Maio. Buscando incentivar o estudo e a assiduidade dos estudantes do sexto ao nono ano, o Lions entregou um notebook, um televisor, um tablet, um aparelho celular e uma bicicleta. Além disso, a escola ganhou nove ventiladores e a professora regente da turma melhor colocada, um cheque, no valor de R$ 800,00.

“O projeto nasceu para dar um incentivo ao estudo. Na época, a Secretaria Municipal de Educação apontou o colégio Cinco de Maio, que não é muito grande, nem tão pequeno, para ser beneficiado”, conta Celso Stein, membro do Lions que coordena o “Aluno Nota 10”. Já na terça-feira, ele esteve na escola acompanhado de outros “leões” para anunciar a finalização da campanha. “Quem está dando essa premiação não é o Lions Clube. É Montenegro, com a participação nas promoções que o grupo faz”, ressaltou aos alunos, na ocasião. No decorrer de todo o ano, ele visitava a Cinco de Maio, reforçando o incentivo ao estudo.

Os vencedores foram conhecidos no conselho de classe da escola. Todos receberam, então, ligações da instituição para que comparecessem ontem, com seus pais, para receberem o prêmio. O atual presidente do Lions, João Batista Junker Wovst, esteve acompanhando a entrega. Os alunos, sem saberem em que colocação ficaram, eram só ansiedade e emoção para receberem o merecido reconhecimento. Foi Eduarda Cecília Oliveira Gomes, do sexto ano, que acabou em primeiro lugar, ganhando um notebook.

Destacada como a melhor dentre os mais de 630 alunos matriculados na Cinco de Maio, a menina quase não segurava a alegria. “É uma emoção. Esse é o meu primeiro ano na escola e eu vou usar o note para estudar e tentar ganhar de novo no ano que vem”, comenta. Sua mãe, orgulhosa, fez questão de expressar seu agradecimento à professora da filha, Ana Luíza Machado, que foi a docente premiada com o cheque do projeto. Os três primeiros colocados no “Aluno Nota 10” saíram de sua turma.

“Essa turma é muito boa. Eles são uns queridos. Dentro da sala, a gente tem um lema: ‘a gente sabe que é bom, mas tem sempre que tentar melhorar’. Então, seguido eu perguntava: ‘e aí, vamos ser melhores hoje?’, para ir sempre incentivando”, conta. Ana revela que até acontecia uma competição interna entre os alunos para ver quem tirava a nota mais alta.

Para a diretora da instituição, Fabiane Klein Cappra, o saldo do projeto do Lions é muito positivo. “Os estudantes almejam o prêmio, batalham e se esforçam. A grande maioria deles a gente atinge com este incentivo”, afirma.

Deixe seu comentário