A Receita Estadual divulgou ontem os resultados de março dos Índices de Desempenho Econômico dos Contribuintes do ICMS do Rio Grande do Sul (IDEE – RS), revelando que indicadores já mostram os primeiros sinais de recuperação da economia do país. Pelo levantamento, o volume de compras teve variação positiva de 1,72%, frente ao mesmo mês de 2016.

Também nesta segunda-feira, o Banco Central divulgou o Índice de Atividade Econômica (IBC-Br), que fechou o  primeiro trimestre de 2017 com alta de 1,12% em relação aos três meses anteriores. Em comparação com o primeiro trimestre de 2016, a atividade registrou alta de 0,29%.

O IDEE-RS mede mensalmente o desempenho agregado das atividades econômicas da indústria, do comércio atacadista e varejista e do setor de serviços dos contribuintes sujeitos ao campo de incidência do ICMS. O objetivo é auxiliar no processo de previsão e avaliação da receita, bem como no acompanhamento da situação econômica do Estado, possibilitando antecipar as flutuações econômicas.

Os investimentos, entretanto, continuam preocupantes, com queda de 49,53% frente a março de 2016, o que demonstra o baixo nível de compras de bens de capital e ativo fixo por parte dos contribuintes de ICMS.

Deixe seu comentário