Alguns clientes do Banco do Estado do Rio Grande do Sul pedem melhorias no atendimento. Os problemas se agravam muito no final de cada mês

Horário reduzido, caixas eletrônicos com problemas e filas são problemas

As condições dos serviços oferecidos pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul) têm gerado uma serie de reclamações e descontentamento por parte dos usuários, que se sentem lesados por não conseguir usufruir dos seus direitos quando precisam. Diferente da maioria dos bancos com agências no município, que funcionam até às 22h, o Banrisul dispõe de horários diferenciados e limitadores.

De acordo com as informações divulgadas na entrada do banco, de segunda a sábado, as pessoas conseguem utilizar os serviços das 7 às 20h, mas, aos domingos, somente das 8h20min às 17h, o que desagrada a maioria dos clientes. Quando reclamam, a resposta que recebem dos caixas geralmente é a de que, à noite, o risco de assaltos é maior. Logo, o banco estaria preocupado com a segurança de correntistas e poupadores.

O estoqueiro Luis Machado, 34 anos, é um dos usuários que se sente prejudicado. Devido ao seu horário de serviço, só consegue se dirigir ao banco durante a noite. “Eu recebo por aqui, então não tenho outra opção. E, para piorar, já aconteceu várias vezes de eu precisar sacar dinheiro e pegar caixas eletrônicos com problemas”, conta Luis. Ele acrescenta que, nas vésperas de feriados, a situação se agrava ainda mais.

Em meio às queixas, a empresária Kelly Cristine Kaminski, 32, se diz indignada com a demora no atendimento. As filas costumam ser longas, em qualquer dia do mês. “Demorou uma hora e cinco minutos para eu ser atendida. Por isso, perdi dois clientes na minha empresa”, afirma Kelly. Outra reclamação é que a hora do atendimento não aparece no código de barras dos pagamentos. “Isso é um direito”, alega Kelly.

De acordo com os correntistas, o quadro piora – e muito – no fim do mês, quando os servidores públicos recebem seus vencimentos. Como muitos professores, policiais e outros funcionários do governo possuem suas contas-salário no Banrisul, é comum faltar dinheiro nos caixas eletrônicos aos finais demana, mesmo de tarde cedo.

Procurada pela reportagem do Ibiá, a assessoria de comunicação do Banrisul não se manifestou sobre as queixas dos clientes montenegrinas.

Deixe seu comentário