MONTENEGRINOS ainda não poderão guardar os casacos de lãs e as roupas quentes. Foto: arquivo Ibiá

Um ciclone extratropical que chegou ao Sul trouxe, junto com ele, a instabilidade no tempo. Desde a última quarta-feira, 9, chuva, granizo e baixas temperaturas tomaram conta do Estado. As mudanças climáticas permanecem nos próximos dias. O fenômeno se formou entre o Rio Grande do Sul e a foz do Rio da Prata, no Uruguai.

E a frente fria que proporcionou uma quinta-feira gelada está diretamente associada ao ciclone. Após a passagem desse sistema, é a vez de uma massa de ar polar chegar ao Brasil, derrubando consideravelmente as temperaturas.

A massa avança sobre o centro-sul. Isso significa que, mais uma vez, casacos grossos, mantas e lãs precisarão ser desengavetados, principalmente para quem mora no Sul. Em alguns lugares da Serra, há a possibilidade de, além de flocos de neve, chuva gelada ou congelante.

Os institutos de meteorologia, como o Climatempo, alertaram sobre as mudanças climáticas. Mas, segundo previsão da empresa, em Montenegro, o fim de semana deverá ser de tempo limpo. As mínimas nos dois dias devem ficar em torno de 8°C e as máximas não devem ultrapassar os 21°C.

Nesta sexta-feira, o clima deve ser gelado: a máxima prevista é 12C° e a mínima 7°C. Já no sábado, máxima de 17°C e mínima 8°C, enquanto no domingo a temperatura máxima sobe um pouco, ficando em torno de 21°C e mínima de 8°C.

Compartilhar

Deixe seu comentário