valéria foi na 2ª CRE em busca de soluções a falta de professores

Iniciaram as tratativas entre a direção da Escola Estadual Técnica São João Batista e a 2ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE). Na manhã de ontem houve um encontro em São Leopoldo para realização de ajustes nos dados da escola, junto aos sistemas online da CRE. “Conseguimos resolver vários problemas, agora vou usar o mesmo método para os outros 27 professores da área técnica. Se tudo der certo até a próxima segunda –feira tudo estará resolvido, caso contrário, marcaremos horário direto no RH da Seduc”, afirma a diretora da escola Valéria Rodrigues.

Segundo a diretora, a reunião levou uma manhã inteira para sanar apenas os dados relativos a dois professores. “Se verificou alguns erros do PGRH. Arrumou- se e agora vou aplicar em todos os professores para a atualização semestral dos cadastros. Se tudo ocorrer bem, todos vão ser atualizados e, a partir daí, não existirá desculpa para a não contratação de professores”, avalia Valéria.

Nada muda nas notas dos alunos, segue o mesmo tipo de avaliação. Mas enquanto não atualizar o cadastro, um por um, nenhuma previsão de contratação. “Eu fui na CRE Junto com duas pessoas do pedagógico. Abrimos o sistema e fomos colocando os dados, quando trancava, elas ligavam para inúmeros setores da seduc até algum deles sanar o problema. As vezes era a informática, outras era o próprio RH, e assim fomos indo. Espero que funcione”, desabafa Valéria.

Deixe seu comentário