Rodrigo Waschburger e João Pedro Decarli também participam da peça, que é uma adaptação infanto-juvenil da obra de William Shakespeare. FOTO: divulgação

Produtores do espetáculo teatral Macbeth e o Reino Sombrio querem democratizar a peça, de forma gratuita

O espetáculo teatral Macbeth e o Reino Sombrio, adaptação da obra de Shakespeare para o público infanto-juvenil, terá mais duas exibições neste ano, uma em 25 de maio e outra em agosto, dia 3. Toda a magia circense e de contação de histórias unem-se ao teatro nessa bela peça.

O Coletivo Órbita ganhou um edital de ocupação do Teatro Therezinha Petry Cardona, na Fundarte, para a realização das apresentações. Com uma proposta inclusiva, os atores pretendem oportunizar aos alunos das escolas públicas municipais e estaduais de Montenegro, de forma gratuita, o prestígio à peça.Para que isso se torne uma realidade, Camila Pasa, João Pedro Decarli e Rodrigo Waschburger estão buscando apoio da iniciativa privada.

“Nossa intenção é destinar essa apresentação às escolas públicas nesses dias, em duas exibições, às 9h30min e às 15h. Dos 197 lugares disponíveis no Teatro, pretendemos reservar 150 para os estudantes. E gostaríamos de não cobrar nada das instituições. Mas precisamos de uma ajuda de custo para cobrir os gastos”, explica Camila.

Em contrapartida, afirmam que podem realizar desde chamadas com nome das empresas no espetáculo até concessão de espaço para colocação de banner. “A intervenção artística no estabelecimento e produção de um vídeo também são opções”, destaca Camila.

Quem estiver disposto a colaborar pode entrar em contato com os artistas pelo telefone 51 99334-05628.

Público infanto-juvenil em foco

ALUNA de dança da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul, Camila Pasa é uma das artistas de Macbeth e o Reino Sombrio. FOTO: divulgação

De acordo com João, a adaptação da obra para o público infanto-juvenil tem por objetivo democratizar a peça e trabalhar assuntos como a tragédia também com os mais jovens. “Expandir e democratizar. É interessante diversificar a faixa etária do público e apresentar obras clássicas. A leitura, muitas vezes, acaba sendo um tanto dura, difícil”, relata o artista.

Camila e João também destacam que, na época em que Shakespeare produziu Macbeth e que as pessoas iam ao teatro, as peças eram para todos. “Crianças, adultos, corte e povo. A criação da peça, no meio do ano passado, também é para mostrar o trabalho que tem sido realizado dentro da Uergs, já que somos alunos da instituição. É fundamental quebrar a barreira de que o conhecimento produzindo aqui dentro é apenas científico”, pontua Camila.

A peça
Sinopse divulgada pelos artistas: Macbeth e o Reino Sombrio é uma adaptação infanto-juvenil da peça Macbeth, de William Shakespeare. A encenação conta a estória dos generais de guerra Macbeth e Banquo, que recebem profecias de bruxas caminhantes. “Macbeth será Barão de Cawdor e, futuramente, Rei. Flaencio, filho de Banquo, será rei também”, diz.
Para alcançar estas previsões, os personagens cometem o crime de traição contra o rei, o que gera conflitos a serem resolvidos na trama.
Direção: João Pedro Decarli
Elenco: Camila Pasa, João Pedro Decarli, Rodrigo Waschburger
Trilha Sonora Original: Rafael Decarli
Criação de luz: Juliano Canal
Iluminação: Cassiano Azeredo
Telefone para contato: 51 99334-5628

Deixe seu comentário