Paraguaio Lucas Barrios pode receber nova chance como titular Foto: divulgação Grêmio / Lucas Uebel

É no lendário estádio Defensores del Chaco, no Paraguai, que o Grêmio busca encaminhar sua classificação para as oitavas da Libertadores da América. Hoje à noite, os comandados de Renato Portaluppi enfrentam o Guaraní-PAR, às 19h30min, em jogo válido pela 3ª rodada da fase de grupos da competição continental. O confronto, que vale a liderança do grupo 8, também encerra o primeiro turno desta chave.

Tricolores e paraguaios venceram os dois primeiros jogos e somam seis pontos na tabela de classificação. O Grêmio lidera o grupo nos critérios de desempate, por ter marcado um gol a mais (cinco contra quatro) que o adversário desta quinta-feira. Apesar de o encontro valer a liderança da chave, o tricolor não trata o duelo como o mais importante da semana, e isso pode fazer com que Renato Portaluppi poupe alguns de seus principais jogadores do confronto.

O treinador gremista não confirmou a escalação, mas pode deixar alguns titulares no banco de reservas esta noite, por considerar o confronto de volta contra o Novo Hamburgo, pelas semifinais do Campeonato Gaúcho, mais decisivo. Como empatou com o Nóia em 1 a 1 na Arena, no último domingo, pelo jogo de ida das semifinais do Campeonato Gaúcho, o tricolor precisa vencer ou empatar em dois gols ou mais no próximo domingo, no Estádio do Vale, em Novo Hamburgo, para avançar à final do Gauchão.

O início tranquilo na Libertadores e a obrigação de obter um bom resultado pelo campeonato estadual no domingo são os motivos que fazem com que Renato cogite escalar um time misto diante do Guaraní. Um dos jogadores cotados para iniciar o jogo no Paraguai conhece bem o país. Trata-se do atacante paraguaio Lucas Barrios, que vem sendo um reserva de luxo no elenco gremista.
Na manhã de terça-feira, Edílson, Léo Moura e Bolaños foram poupados do treinamento, mas, de acordo com o comandante gremista, isso não é nenhum indício de preservação no duelo desta quinta e faz parte da recuperação física dos atletas após os jogos.
Este será apenas o terceiro encontro entre Guaraní e Grêmio na história. Há 20 anos, as duas equipes duelaram pelas oitavas de final da Libertadores de 1997, e o Grêmio levou a melhor. No primeiro jogo, o time paraguaio venceu em Assunção por 2 a 1. No jogo da volta, disputado no estádio Olímpico, em Porto Alegre, foi a vez do tricolor vencer pelo placar de 2 a 1 e levar a decisão da vaga para os pênaltis. Nas penalidades, o goleiro Danrlei pegou duas cobranças e o Grêmio venceu por 2 a 1. Das dez cobranças da disputa, sete foram desperdiçadas.

Para encarar o Guaraní hoje à noite, a provável escalação do Grêmio tem Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Ramiro, Maicon, Luan (Léo Moura), Miller Bolaños e Pedro Rocha; Lucas Barrios (Luan).

Deixe seu comentário