Inter, treino, Pottker, Boavista, Copa do Brasil
Inter tem todos os titulares à disposição para a estreia na Copa do Brasil. Time encara o Boavista hoje à noite. Fotos: Ricardo Duarte / divulgação Inter

Em campo neutro. Colorado enfrenta os cariocas do Boavista no Paraná

Camilo, Dourado, treino, Inter, time
Recuperado das dores musculares, Camilo volta ao time nesta quarta-feira

O último título nacional conquistado pelo Inter foi a Copa do Brasil, há 26 anos. De lá para cá, o clube conquistou a América e o Mundo, mas não conseguiu levantar uma taça nacional. De volta à elite do futebol brasileiro neste ano, o colorado busca retomar o caminho das glórias. E o primeiro passo para isso deve ser dado hoje. Em Cascavel, no Paraná, o Inter enfrenta o Boavista-RJ, às 19h30min, pela primeira fase da Copa do Brasil. A equipe do técnico Odair Hellmann busca o bicampeonato do torneio.

Com 91 equipes nesta temporada, a competição dará R$ 50 milhões ao campeão, além de uma vaga direta na Libertadores do próximo ano, um dos objetivos do colorado. A fase inicial do torneio é disputada em jogo único. Como o Boavista é o mandante da partida desta quarta-feira, o Inter joga por um empate para seguir adiante. Para o time carioca, apenas a vitória interessa.

O fato do jogo ser em campo neutro aumenta a responsabilidade da equipe gaúcha, já que grande maioria dos torcedores (são esperadas 15 mil pessoas no estádio) vestirá vermelho e branco. O favoritismo colorado é inegável. Ainda mais que o adversário vai entrar em campo com time misto, porque o foco principal do Boavista está no Campeonato Carioca — competição em que o time luta por uma vaga na semifinal da Taça Guanabara.

Por outro lado, o time do técnico Odair Hellmann vai com força máxima para o confronto. Depois de descansarem no final de semana, os titulares voltam a campo e terão o reforço do meia Camilo, indisponível nos últimos compromissos por problemas musculares. Assim, a provável escalação do Inter tem Danilo Fernandes; Cláudio Winck (Dudu), Klaus, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenilson, William Pottker, D’Alessandro e Camilo; Leandro Damião.

Fora das quatro linhas, a direção colorada segue atenta ao mercado. Com a provável saída de Rodrigo Dourado para o futebol europeu ainda este ano, um volante pode ser buscado. O nome de Sebastián Rodriguez, 25 anos, do Nacional-URU, agrada.

Deixe seu comentário