Grêmio vai encarar o Cerro Porteño com o que tem de melhor, em busca da primeira colocação da disputa. Fotos: Lucas Uebel / divulgação Grêmio

Libertadores. Uma vitória hoje à noite dá ao tricolor a liderança do grupo

A busca pelo quarto título da Libertadores da América continua nesta terça-feira para o Grêmio. No feriado do Dia do Trabalhador, o tricolor enfrenta o Cerro Porteño-PAR, na Arena, às 19h15min, de olho na liderança do grupo 1 da competição continental. Válida pela quarta rodada da chave, a partida coloca frente a frente os dois melhores times do grupo. Uma vitória gremista posiciona o time do técnico Renato Portaluppi na liderança.

Renato Portaluppi, técnico, Grêmio, Cerro Porteño, Libertadores
Técnico Renato Portaluppi quer uma vitória nesta terça-feira para o Grêmio assumir a liderança do grupo 1

Para o confronto contra os paraguaios, o Grêmio terá força máxima e o apoio de aproximadamente 45 mil torcedores na Arena. Poucos ingressos ainda estão disponíveis para a torcida gremista. No primeiro encontro entre as duas equipes nesta edição da Libertadores, empate sem gols. Agora, o tricolor quer fazer valer o fator casa para tirar a invencibilidade do Cerro e assumir a primeira posição do grupo.

Depois de poupar grande parte dos titulares no último sábado, na derrota para o Botafogo pelo Campeonato Brasileiro, o Grêmio vai com o que tem de melhor para cima da equipe paraguaia. O experiente lateral-direito Léo Moura, ausente nos dois últimos jogos, deve retomar a condição de titular. No ataque, Jael pode receber mais uma oportunidade, já que André não está inscrito nesta fase do torneio. O desfalque é o zagueiro Paulo Miranda, que sofreu uma luxação no ombro esquerdo no final de semana.

Desta forma, a provável escalação do Grêmio para encarar o Cerro Porteño tem Marcelo Grohe; Léo Moura, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Maicon, Arthur, Ramiro, Luan e Everton; Jael. Com cinco pontos somados em três jogos, o tricolor ocupa a segunda posição do grupo 1. O time paraguaio é o líder, com sete.

Quem também marcará presença na Arena hoje à noite é o técnico Tite, comandante da Seleção Brasileira. A duas semanas da convocação final para a Copa do Mundo, o treinador vai acompanhar de perto quatro jogadores do Grêmio, em especial, Grohe, Geromel, Arthur e Luan.

Torcedor gremista concorda com o planejamento do clube
Confiante em um resultado positivo nesta terça-feira, o gremista Gustavo Flach, 21 anos, acredita que a primeira colocação do grupo passa diretamente pelo confronto desta noite. “Tenho fé na vitória, pelo jogo ser na Arena e o grupo estar descansado e completo. Penso que o vencedor deste jogo define o primeiro lugar do grupo na fase classificatória, até pela inferioridade dos outros dois times”, ressalta.

A escolha da comissão técnica em poupar titulares contra o Botafogo, no último final de semana, contrariou o desejo de muitos torcedores. Porém, Gustavo concorda com o planejamento estabelecido pelo clube. “Está correto. Não adianta a torcida reclamar. Ano passado foi igual e ganhamos o maior campeonato da América, sem contar que existe a questão fisiológica também, não é apenas uma opção do treinador”, enfatiza.

Para o torcedor tricolor de 21 anos, a estratégia da comissão não foi pensada somente na Libertadores, mas também na Copa do Brasil e no clássico Gre-Nal que se aproxima, pelo Brasileirão. “Contra o Goiás (pela Copa do Brasil), acredito que a decisão partiu a fim de decidir logo o confronto e poupar alguns jogadores no jogo de volta, visando o Gre-Nal que é o compromisso seguinte. O tempo de descanso deve ser levado em conta também. Jogar com os titulares sábado e terça-feira ficaria pesado, até pela importância deste duelo com o Cerro”, completa.

Deixe seu comentário