Gre-Nal, empate, Inter, Grêmio, Brasileirão
Clássico teve sabor de vitória para o lado vermelho. Foto: Lucas Uebel / Grêmio

O primeiro clássico Gre-Nal do Campeonato Brasileiro deste ano terminou sem gols. Em um jogo dominado pelo Grêmio, que teve 75% de posse de bola, o Inter se defendeu bem durante os 90 minutos e não permitiu que a rede balançasse na Arena. Mais de 51 mil torcedores estiveram no estádio tricolor na tarde de sábado, em um dia de muitas homenagens ao ex-presidente gremista Fábio Koff, que faleceu na última semana.

As duas equipes deixaram claro, desde cedo, suas propostas. O Grêmio ficou com a bola e propôs o jogo, enquanto que o Inter se defendia e tentava escapar nos contra-ataques. Mas a posse de bola gremista pouco adiantou. O time não conseguiu furar a defesa colorada. Aos 28 minutos da primeira etapa, os tricolores reclamaram um pênalti em cima de Cortez que a arbitragem não marcou.

Os comandados de Renato Portaluppi voltaram para o segundo tempo pressionando, e no primeiro minuto André mandou para fora uma chance clara dentro da área. O lateral Madson também perdeu duas boas oportunidades, e o zagueiro Geromel furou em bola e perdeu a chance da vitória. Aos 31, o Grêmio pediu pênalti mais uma vez. Em cruzamento da direita, a bola bateu no braço do zagueiro Víctor Cuesta, mas o árbitro entendeu que não houve intenção.

Com o ponto conquistado, Grêmio é 4º, com oito pontos; e Inter 15º com cinco pontos. O tricolor volta a campo amanhã, para enfrentar o Monagas, na Venezuela, pela Libertadores. O colorado joga na próxima segunda-feira, contra a Chapecoense, pelo Brasileirão.

Deixe seu comentário