Juventude, Brochier, Taça da Amizade, futebol, Titulares, Ecas
Titulares do Juventude precisam vencer o Ecas em Brochier para levar a decisão da vaga para os pênaltis

Time de Brochier terá o apoio da torcida para avançar nas duas categorias

O Juventude de Brochier está a um passo da grande final da 6ª Taça da Amizade. Neste domingo, o clube terá o apoio da sua torcida contra o Ecas, de Imigrante, pelo jogo de volta das semifinais do torneio. Nos Titulares, a equipe da região foi derrotada por 3 a 1 no primeiro jogo e precisa de uma vitória para levar a decisão da vaga para os pênaltis. Já nos Aspirantes, o Juventude venceu por 2 a 0 fora de casa, com dois gols de Cássio Pilger, e agora pode empatar em Brochier que avança à decisão.

Representante do Vale do Caí nesta fase do campeonato, o Juventude teve muitas oportunidades de gol para voltar com vantagem de Imigrante na categoria Força Livre. No entanto, a equipe esbarrou na defesa adversária e perdeu seu primeiro jogo na competição. A arbitragem também mostrou inúmeros cartões amarelos nos primeiros 90 minutos do duelo.

Para o jogo decisivo deste domingo, no estádio Olávio Fetzner, o presidente Rodrigo Fetzner acredita que o Juventude vai conseguir avançar nas duas categorias. “A torcida está empolgada e os jogadores confiantes, pelo que apresentamos até agora no campeonato. Temos total condição de reverter”, destaca.

O Ecas é o atual campeão da Taça da Amizade nas duas categorias. Por isso, o mandatário do Juventude espera que sua equipe não perca a concentração um minuto sequer neste domingo. “Temos que fazer algo a mais, repetir as boas partidas da fase classificatória e superá-los na vontade”, completa.

Deixe seu comentário