Grêmio, treino, Cerro, Libertadores, Jael, Kannemann
Centroavante Jael volta ao time titular com a ausência de André. Foto: Lucas Uebel / divulgação Grêmio

Libertadores da América. Tricolor ainda pode ter o desfalque do zagueiro Pedro Geromel na partida desta terça-feira

O Grêmio embarcou para o Paraguai com o objetivo de buscar a liderança do grupo 1 da Libertadores da América. Para isso, precisa vencer o Cerro Porteño, hoje à noite, às 21h30min, no estádio La Olla Azulgrana. Na teoria, a tarefa não é das mais fáceis, já que o time paraguaio ainda não perdeu em casa desde a reinauguração do seu estádio (14 vitórias e dois empates) e o tricolor não conta com Luan, que está com fascite plantar e dores musculares. Além dele, o zagueiro Pedro Geromel também pode ser desfalque, pois ainda não se recuperou de uma virose.

No último sábado, contra o Cruzeiro, Luan e Geromel não puderam atuar pelos mesmos motivos, mas não fizeram tanta falta, se levar em conta o resultado obtido pelo Grêmio. A equipe treinada por Renato Portaluppi supriu bem a ausência de dois dos principais atletas do grupo e bateu o time mineiro por 1 a 0, com gol do estreante André. Por falar no centroavante, André não poderá jogar contra o Cerro, pois não está inscrito nesta fase da competição.

Apesar dos desfalques, o técnico gremista não parece demonstrar muita preocupação, já que os reservas vêm substituindo os titulares à altura quando são chamados. O meia Cícero deve ocupar a vaga de Luan, assim como ocorreu no final de semana. Na defesa, se Geromel não estiver recuperado da virose, Paulo Miranda receberá mais uma oportunidade ao lado de Kannemann. No ataque, o centroavante Jael reassume a titularidade.

Desta forma, a provável escalação do Grêmio para encarar o Cerro esta noite tem Marcelo Grohe; Léo Moura, Paulo Miranda (Geromel), Kannemann e Cortez; Maicon, Arthur, Ramiro, Cícero e Everton; Jael.

Líderes do grupo 1 da Libertadores, as duas equipes vivem grande momento na temporada. Além da invencibilidade em casa, o Cerro não perde há cinco jogos no ano (quatro vitórias e um empate, com 15 gols marcados e nenhum sofrido). Na competição continental, o clube paraguaio venceu seus dois compromissos e lidera a chave com seis pontos. Do outro lado, o tricolor gaúcho carrega uma invencibilidade de seis partidas, com cinco vitórias e um empate no período. Na Libertadores, o Grêmio soma quatro pontos e ocupa a segunda colocação.

O último encontro entre os dois times ocorreu em abril de 2007. Pela fase de grupos da Libertadores daquele ano, o Grêmio venceu a equipe paraguaia por 1 a 0, no estádio Olímpico, em Porto Alegre. Para o duelo desta terça-feira, mais de 30 mil ingressos foram vendidos. Promessa de jogão.

Deixe seu comentário