Montenegro oferece ingresso no curso de Direito. Foto: Arquivo

A tarde de sábado foi de vestibular especial no Campus de Montenegro da Universidade de Santa Cruz do Sul UNISC. Candidatos concorreram a 50 vagas no curso de Psicologia, novo na instituição de ensino e aprovado pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC) em dezembro. Também houve quem tentou aproveitar vagas remanescentes dos cursos de Administração e de Ciências Contábeis.

O exame foi a realização de uma redação. Os participantes foram desafiados a escreverem sobre “Diversificação da matriz energética brasileira” ou sobre “Políticas na área da saúde e expectativa de vida”. O resultado dos classificados será disponibilizado no site www.unisc.br e para os meios de comunicação a partir das 16h da próxima quinta, dia 18.

Uma das candidatas a ingressar no curso de Psicologia foi Gabriela Eduarda da Rosa, de 17 anos. Ela se formou no ensino médio na Escola Estadual Técnica São João Batista no ano passado, mas já mostra certeza sobre qual caminho pretende seguir. E o primeiro passo para a carreira pode ter sido dado nesse sábado. “É uma profissão que eu me identifico muito. Deve ser incrível ‘tirar alguém do fundo do posso’, mas frustrante não conseguir. É preciso ter um perfil psicológico muito forte, são dois extremos”, analisa.

Já Victória Ramos de Oliveira, também de 17 anos, pretende cursar Administração. Outra coincidência com Gabriela Eduarda é o fato de ter se formado no São João, mas um ano antes, em 2016. “Escolhi o curso porque me identifico e pelo fato de o mercado de trabalho estar bem aberto nessa área hoje”, comenta. Ela optou por escrever sobre “Políticas na área da saúde e expectativa de vida”. “O primeiro achei mais difícil”, resume.

Maurício Bernardes também estava no Campus de Montenegro da Unisc nesse sábado, mas não realizou a prova para entrar em algum dos cursos oferecidos pela Universidade. Ele acompanhava a esposa Daiana Rodrigues, um das pretendentes a ocupar uma vaga no curso de Psicologia. “Estou bem tranquilo, vai dar tudo certo. Ela tem muita capacidade, já tem formação superior em Relações Públicas”, acreditava o marido, ao ingressar na sede da instituição de ensino, onde foi realizada a prova. O casal é proprietário de um escritório de contabilidade.

Prestação de serviço à comunidade

Embora a formação em Psicologia seja uma oportunidade nova oferecida pela Unisc, desde 2016, a Universidade tem um curso de extensão na área. Também há um projeto para possibilitar aos alunos a experiência prática e, ao mesmo tempo, oferecer o atendimento psicológico à comunidade. A ideia é que o serviço seja realizado a partir do 3º ano do curso,em uma casa alugada. Os dois anos iniciais são, basicamente, teóricos.

O coordenador do curso, Moisés Romanini, ressalta que os estudantes devem ter dedicação aos livros e empatia para poder atender os pacientes com qualidade. “Os alunos precisam gostar muito de estudar, pois é um curso com muita leitura. Também tem que ter a capacidade de se sensibilizar com algumas questões”, ressalta.

Deixe seu comentário