Equipamentos estão na Prefeitura e aguardam para serem instalados

Segurança. 18 equipamentos de alta tecnologia chegaram na última semana

Oregino, prefeito de Pareci Novo

O Executivo de Pareci Novo deu mais um passo para o cercamento eletrônico do Município. Na última semana, foram recebidas 18 câmeras de alta tecnologia – oito do tipo speed dome e 10 bullet – adquiridas com recursos próprios, num investimento de R$ 70 mil. Conforme o prefeito Oregino José Francisco, a Prefeitura trabalha agora na aquisição dos postes nos quais as câmeras serão afixadas, além de providenciar com a concessionária de energia e com uma empresa de telecomunicação o fornecimento de energia elétrica e de internet nos pontos onde os equipamentos serão instalados.
Oregino salienta que o Executivo está próximo de finalizar e assinar convênio com a Brigada Militar (BM) para que as imagens sejam espelhadas em quatro pontos: na Prefeitura, na sede da BM e da Polícia Civil (PC) em Pareci Novo, no 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM) em Montenegro e na sede da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) em Montenegro. A ideia é que as câmeras sejam instaladas nas principais entradas do município e também nas estradas secundárias. “Então, qualquer indivíduo que entrar em Pareci Novo será filmado”, comenta.

A escolha dos pontos onde serão instalados os equipamentos foi feita através de uma parceria com a BM, PC e profissionais da área. “Nós estamos apenas fornecendo o material adequado para fazer o cercamento eletrônico e o qualificar”, diz Oregino. O chefe do Executivo afirma ainda que a sua intenção é de que o Município passe a ser um exemplo de videomonitoramento para toda a região.

O prefeito destaca a alta tecnologia das câmeras. “Nós estamos colocando um sistema com o que existe de mais moderno hoje no Brasil”, garante. Por exemplo, o equipamento speed dome possui sistema infravermelho para melhor monitoramento à noite e pode ser integrado, através de um software, ao sistema de reconhecimento e identificação de placas, além de contar com análise inteligente de vídeo.

Preocupação com segurança vai além das câmeras
Buscando qualificar a segurança no Município, o Executivo de Pareci Novo trabalha em outras frentes. Uma delas é um Projeto de Lei que está sendo elaborado e que terá como objetivo um auxílio-moradia para os servidores da ativa e da reserva das forças de segurança que queiram residir na cidade. Segundo Oregino, este auxílio seria dado com a isenção de impostos municipais, como o IPTU. Outra ação foi a reativação, ainda no ano passado, do convênio com o Conselho Comunitário Pró-Segurança de Pareci Novo (Consepro). O Município também faz parte do Sistema de Segurança Integrada com os Municípios (SIM) da secretaria estadual de Segurança Pública.

Observando que durante as eleições muitos candidatos falam do tripé formado por Educação, Segurança e Saúde para esquecê-lo após o pleito, Oregino diz que o compromisso de seu governo é trabalhar por esses três setores. “Onde esses três pilares funcionam, o resto acaba funcionando melhor”, afirma e cita uma série de melhorias ocorridas nesses setores desde que assumiu, em 2017. O prefeito comenta ainda que os investimentos em segurança podem atrair novos empreendedores e moradores ao Município, incentivando a economia local.

Deixe seu comentário