Produzido no Brasil, o Yaris tem bom nível de equipamentos mesmo nas versões básicas. Foto: Toyota/Divulgação

A partir de julho irão desembarcar nas concessionárias Toyota brasileiras uma opção de carro interessante para quem desejava ter um modelo da marca na garagem, mas ou não tinha dinheiro para comprar um Corolla, ou não gostava da opção mais barata, o Etios, principalmente pelo design. Trata-se do Yaris, que terá carrocerias hatch e sedan. A tabela de preços parte de R$ 59.590,00 (hatch de entrada, versão XL, 1.3 manual) e chega a R$ 79.990,00 (versão XLS sedan, motor 1.5 e câmbio automático CVT). Com esta cartada, a montadora japonesa busca fazer frente à alemã Volkswagen, que nestes mesmos segmentos tem ido super bem com as vendas do Polo e do Virtus.

Presente em 120 países, o lançamento da Toyota, segundo projeções internas, deve vender seis mil unidades por mês no Brasil. Para isso, a marca aposta no trinômio qualidade, durabilidade e confiabilidade. “O Yaris é para um novo momento da indústria e do mercado automotivo, onde as expectativas dos consumidores são cada vez mais altas e os automóveis são vistos como formas de expressão”, informa o fabricante, em comunicado à imprensa.

Os motores 1.3 e 1.5 são os mesmos que já equipam o Etios, mas passaram por ajustes para ficarem mais fortes. Com gasolina, a potência do primeiro é de 94 cv, além de 12,5 kgfm de torque. O segundo, por sua vez, atinge 105 cv e 14,3 kgfm. Normalmente, eles transmitem baixo nível de ruído à cabine, porém aceleradas mais fortes não passam despercebidas devido ao câmbio CVT — o mesmo que equipa o Corolla.

Desde a versão de entrada, o cliente vai contar com vidros e travas elétricas, controle de estabilidade e de tração, assistente de subida em rampa, faróis com regulagem elétrica e acendimento automático, roda de liga leve de 15 polegadas e faróis de neblina dianteiros e traseiros. A Toyota destaca também a eficácia do sistema de freios, cujos componentes mecânicos do cilindro mestre foram ajustados para proporcionar frenagem mais suave e melhor controle. “Como resultado, aos 100 km/h, para atingir a completa imobilidade, o Yaris percorre 50,5 metros, a melhor marca de sua categoria, segundo testes do Instituto Mauá de Engenharia.”

A família Yaris desembarca no Brasil em cinco versões. No hatch, são as seguintes: XL manual e XL CVT, XL Plus Tech CVT (todas com motorização 1.3), mais as XS e XLS, estas com câmbio CVT e motor 1.5. Em relação ao irmão menor, o sedan tem as mesmas versões, porém apenas com propulsor 1.5.

O novo Toyota possui 4,14 m de comprimento (4,42m na versão sedan), 1,73 m de largura, 1,49 m de altura e 2,55 m de entreeixos. O porta-malas hatch é de 310 litros, e o sedan, 473 litros. Em ambos, o tanque comporta 45 litros.

As 5 principais características do Yaris

Produzido no Brasil, Yaris tem sofisticação por dentro

— Design: seus traços elegantes são dignos de um veículo de próxima geração no segmento B premium.
— Conforto expansivo: interior espaçoso, onde todos os passageiros sentam-se confortavelmente. Destaque para a ausência do túnel traseiro, o que faz do assoalho completamente plano.
— Dirigibilidade e silêncio a bordo: rodar silencioso e macio garantem uma experiência agradável para todos os ocupantes.
— Eficiência dinâmica: uma das principais características dos carros Toyota foi ainda mais aprimorada no Yaris. Na cidade, ele faz 12,6 km/l, enquanto na estrada, 13,8 km/l, sempre com gasolina (dados oficiais).
— Tecnologia e segurança: controle de estabilidade e tração para todas as versões e sete airbags na versão topo de linha são os destaques.

Conheça as versões mais equipadas
Vendido a R$ 69.590,00, o Yaris XL Plus Tech conta com descansa-braços traseiro, ar-condicionado automático e digital, chave presencial, multimídia com tela de 7”, rádio AM/FM, MP3, entrada USB, conexão Bluetooth e Toyota Play+ — sistema que permite espelhamento de aplicativos.

A esses itens, a versão XS agrega volante, manopla do câmbio e revestimento das portas em couro, grade com detalhes cromados, roda de liga leve de 15” em tons preto e prata, bancos de couro, retrovisor externo com rebatimento elétrico, câmera de ré, tapetes em carpete e computador de bordo com tela de 4.2” com alta definição.

Na configuração top, XLS, soma-se aos pacotes anteriores teto solar, sensor de chuva, maçanetas cromadas, faróis projetores com lâmpadas halógenas, lanternas em LED e sete airbags.

Deixe seu comentário