Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil prendeu um homem responsável pelo tráfico de drogas sintéticas em Montenegro. A ação realizada entre a noite de terça-feira e a madrugada de quarta pela 1ª Delegacia de Investigação do Denarc teve como foco um sistema de tele-entrega e distribuição desse tipo de entorpecente. O preso é apontado como o líder do grupo criminoso e vai responder por tráfico. No momento da detenção, inclusive, ele realizaria uma entrega.
Ao todo, foram apreendidos 236 pontos de LSD, 14 comprimidos de ecstasy, 1 cápsula de dimetiltriptamina (DMT), um frasco com 14 mililitros de LSD líquido, 1,7 grama de “changa” (DMT com ervas), 3,9 de DMT puro em cristal e 20,8 de substância base do ecstasy (MDMA). Também houve a apreensão de uma balança de precisão e uma moto no nome do acusado.
O diretor de Investigações do DENARC, Mario Souza, comemora o fato de ter sido interrompido um esquema de tráfico de entorpecentes incomuns e de rara apreensão. Esse é, por exemplo, o caso do LSD líquido, considerado um “vip”. A quantia encontrada no vidro renderia até 70 gotas da substância.
O DMT tem e a “changa” também são difíceis de serem retirados de circulação no Estado. O homem de iniciais B. S., de 24 anos, sem a identidade revelada, foi encaminhado ao sistema prisional.

Confira a matéria na íntegra na edição impressa do Jornal Ibiá.

Deixe seu comentário