Polícia Civil prende suspeitos de envolvimento em latrocínio de tradicionalista gaúcho (Foto: Polícia Civil)

Na manhã desta sexta-feira (09), a Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec) de Bagé, prendeu três pessoas pelo envolvimento no latrocínio do contador e tradicionalista montenegrino Gilberto Bittencourt Silveira, 49 anos. O crime ocorreu em Bagé, no dia 31 de janeiro deste ano, nas proximidades do Kartódromo do município.

A investigação apontou o envolvimento de seis pessoas no crime, duas mulheres e quatro homens, e teria como motivação roubar dinheiro da vítima para quitar uma dívida relacionada ao trafico de drogas de uma das envolvidas no crime. A vítima foi morta por um disparo de arma de fogo que atingiu seu rosto, após ser amarrada e colocada no banco de trás de seu próprio veículo, uma VW Spacefox. Após o crime, os suspeitos fugiram em outro veículo roubado e com placas clonadas, um Ford Ka, que foi encontrado abandonado em meio a um matagal.

Na ocasião do assassinato, um dos três homens que abordaram a vítima, Rafael da Costa Pinheiro, 20 anos, foi localizado próximo ao local e preso em flagrante. Ele confessou ser o autor da morte. De acordo com o delegado Cristiano Ribeiro Ritta, os detidos negam participação no assassinato. A prisão preventiva dos suspeitos foi decretada pelo Poder Judiciário.

Deixe seu comentário