Ranking avaliou várias quesitos. Foto: reprodução internet

Uma pesquisa realizada pela Thomson Reuters Foundation, empresa com sede em Toronto, no Canadá, feita com cerca de 550 especialistas em temas femininos listou os países mais perigosos às mulheres. Índia levou o ingrato título, sendo que Afeganistão, Síria, Somália e Arábia Saudita são a sequência do ranking negativo.

O levantamento considerou os 193 países-membros da Organização das Nações Unidas (ONU), avaliando quesitos como sistema de saúde, recursos econômicos, práticas tradicionais, abuso sexual e não sexual e tráfico humano. A liderança da Índia se deve pelos altos índices de estupro e assassinato. O grupo das 10 nações mais perigosas às mulheres ainda é completado por Paquistão, República Democrática do Congo, Iêmen, Nigéria e Estados Unidos.

O Brasil não é citado nas primeiras colocações. A única nação ocidental é os EUA.

Deixe seu comentário